Imprensa argentina repercute escolha do Brasil para Copa

Argentinos acreditam que os brasileiros conseguirão cumprir as metas e fazer uma boa competição

Marina Guimarães, da Agência Estado,

30 de outubro de 2007 | 15h02

A imprensa argentina repercute com ampla cobertura a escolha do Brasil para sediar a Copa Mundial de Futebol.   Veja também: Brasil é confirmado como sede da Copa do Mundo de 2014 Brasil enfatiza preservação ambiental na apresentação na Fifa Paulo Coelho brinca: futebol é mais importante que sexo Imagens da cerimônia na sede da FifaAs cidades candidatas a sede da Copa do Mundo de 2014 Opine: o que você acha do Mundial no Brasil?   O Ámbito Financiero destaca a confirmação do Brasil e lembra que "á única nação que participou de todas as Copas da FIFA e também a única que ganhou a competição em cinco ocasiões [1958, 1962, 1970, 1994 e 2002]".   Mas o site do jornal recorda também que o Brasil só organizou o Mundial em 1950, campeonato que perdeu por 2 a 1 para o Uruguai, derrota conhecida como "o maracanazo" e que ainda pesa tristemente no imaginário popular".   O canal de notícia TN comentou a atuação do 'convencido Lula', sobre discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na Suíça, que afirmou que "o Brasil realizaria uma Copa para nenhum argentino colocar defeito".   O Clarín disse que a "Copa voltará à América do Sul depois de 36 anos, após o mundial de 1976, organizado pela Argentina".   Já o Olé fez questão de dizer que a candidatura brasileira já estava ganha porque nenhum outro país se apresentou. O jornal também destacou o discurso de Lula sobre "a capacidade do povo brasileiro de ser criativo, de sonhar e de  despertar a emoção". Atualizado às 16h40 para acréscimo de informação.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.