Jon Super/Reuters
Jon Super/Reuters

Imprensa inglesa exalta festa da torcida e celebra ida às semifinais: 'Quase lá'

Retorno da Inglaterra às semifinais de uma Copa após 28 anos de ausência gerou uma onda de comemorações regada a muita cerveja

Estadão Conteúdo

08 Julho 2018 | 06h30

A vitória da Inglaterra sobre a Suécia por 2 a 0, no último sábado, e a classificação às semifinais da Copa do Mundo da Rússia levaram a torcida inglesa à loucura. Torcedores tomaram as ruas de Londres e fizeram uma festa há tempos não vista pela capital do país, e que foi acompanhada de perto pela imprensa local.

+ À espera de semifinal, Inglaterra troca treino com bola por sessão de yoga

+ Técnico na Copa, Hierro recusa voltar a ser diretor e deixa a seleção espanhola

+ Giroud minimiza jejum de gols pela França: 'Se eu for campeão, está ótimo'

O retorno da Inglaterra às semifinais de uma Copa após 28 anos de ausência gerou uma onda de comemorações regada a muita cerveja. Os jornais The Sun e Daily Mirror destacaram a celebração com fotos e vídeos em seus sites. "A nação está de ressaca após chegar às semifinais", apontou o The Sun.

Os dois jornais, porém, também destacaram os exageros nas comemorações, que geraram alguns problemas com a polícia. "Anarquia no Reino Unido", escreveu o The Sun ao relatar um torcedor que saltou de cima de um ônibus sobre o teto de vidro de um ponto de ônibus, o quebrou e caiu sobre uma mulher. O Daily Mirror destacou um "sósia de Gareth Southgate" que destruiu uma ambulância e uma mulher que ficou nua sobre um carro.

O desempenho da seleção, porém, também foi exaltado pela imprensa do país. Como já havia feito na vitória sobre a Colômbia, nos pênaltis, nas oitavas, a mídia local classificou como "histórico" o resultado de sábado e adotou o lema da torcida para esta Copa: "Está voltando para casa", frase que vem sendo bastante utilizada pelos torcedores para dizer que o título está próximo de retornar à Inglaterra.

 

O Daily Mirror celebrou a "brilhante nova Inglaterra de Southgate", enquanto o Daily Mail escolheu o zagueiro Harry Maguire, autor do primeiro gol contra a Suécia, como herói: "Príncipe Harry". O The Sun também se mostrou empolgado com a possibilidade de título: "Quase lá".

Agora, a Inglaterra terá pela frente nas semifinais a Croácia, na próxima quarta-feira, em Moscou. Quem levar a melhor nesta partida duela na grande decisão com o vencedor do confronto entre França e Bélgica, um dia antes, em São Petersburgo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.