Loic Venance/AFP
Loic Venance/AFP

Imprensa inglesa revela conversa entre Sala e organizador do voo para Cardiff

Atleta argentino cujo avião desapareceu foi auxiliado por um futuro companheiro de clube, filho do empresário que intermediou transferência do Nantes para o Cardiff City

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2019 | 12h52

O atacante argentino Emiliano Sala, que é dado como desaparecido desde a última segunda-feira (21) após o sumiço do avião em que viajava para o País de Gales, negociou o seu deslocamento desde a França para o país britânico com um jogador do que seria seu futuro clube, o Cardiff City, que disputa a Premier League, a primeira divisão do Campeonato Inglês.

Transferido do Nantes, da primeira divisão francesa, para o novo clube, ele recebeu um contato de Jack McKay, atleta do Cardiff City, e que é irmão do empresário responsável pela negociação entre galeses e franceses, Mark McKay - ambos são, inclusive, filhos de Willie McKay, agente com grande trânsito no futebol inglês e que ajudou na organização do voo de Sala.

Willie confirmou à emissora de TV inglesa BBC na última semana, que auxiliou o atacante argentino a conseguir um voo da França para Cardiff. Ele contou que entrou em contato com o piloto David Henderson, que, segundo ele, tem longa experiência em viagens de jogadores de futebol na Europa. E teria indicado outro piloto, David Ibbotson, que fez a viagem em que o avião desapareceu no Canal da Mancha.

Seu filho agente, Mark, também foi entrevistado pela TV britânica. Ele afirmou que ele e o irmão jogador, Jack, conversaram com Sala a fim de ajudá-lo a conseguir um voo. Mas ressalta que não escolheram nem o piloto e nem a aeronave do percurso.

"Nós não tivemos envolvimento com a seleção do avião e a do piloto. E também quero deixar claro que nós não somos donos do avião em que Emiliano voou", afirmou Mark.

A imprensa argentina afirma que Willie McKay esperava que a viagem fosse feita por Henderson pela sua experiência com grandes nomes do futebol no Velho Continente. E diz que o piloto não revelou os motivos da escolha por Ibbotson, que teria sido 'em cima da hora'.

O diálogo entre Jack McKay, jogador do Cardiff, e Emiliano Sala foi revelado pela BBC e foi bastante amistoso. Nele, o filho do empresário oferece o avião sem custos financeiros, tendo como 'pagamento' o entrosamento dentro de campo dos dois atletas. "Não custa nada. Se me ajudar a fazer gols, não é nada", afirmou Jack.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.