Imprensa italiana aproxima Ronaldinho da Inter de Milão

Campeão italiano pagaria cerca de R$ 67 milhões pelo meia-atacante, com a ajuda da fabricante de uniformes

EFE

10 de abril de 2008 | 10h27

A Inter de Milão estaria disposta a pagar 25 milhões de euros (cerca de R$ 67 milhões), cinco milhões a mais que o Milan, pelo meia-atacante brasileiro Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, afirma nesta quinta-feira o jornal esportivo italiano La Gazzetta dello Sport. A publicação assegura que o valor foi divulgado por alguém de Barcelona, mas não cita qualquer fonte ou fornece mais informações. No entanto, o jornal publica uma declaração de um dirigente da Inter que poderia dar pistas sobre uma possível conversa para a transferência do meia brasileiro. "Ronaldinho Gaúcho? Muitas vezes podemos receber as ligações (telefônicas) em vez de fazê-las. Neste momento, estamos com os ouvidos bem atentos a respeito de tudo, mas nenhuma negociação foi iniciada", disse o dirigente da Inter Ernesto Paolillo. Segundo a Gazzetta dello Sport, com estas palavras o diretor da Inter admite um contato entre o diretor técnico do clube, Marco Branca, com o representante de Ronaldinho Gaúcho, seu irmão, Assis. Além disso, o jornal esportivo Corriere dello Sport diz que a empresa de materiais esportivos Nike, que patrocina Ronaldinho Gaúcho, expressou a Assis sua preferência pela Inter em relação ao Milan. Segundo o jornal, a companhia americana preferiria esta opção por fornecer os uniformes da Inter, enquanto o Milan tem um contrato com a fabricante alemã Adidas. A publicação assinala que depois de a Nike expressar esta preferência, Assis e o principal acionista da Inter, Massimo Moratti, agendaram uma reunião para a próxima semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.