Imprensa mexicana critica equipe por empate com Angola

A euforia da vitória na estréia sobre o Irã, no dia 11, por 3 a 1 virou decepção após o empate de 0 a 0 contra Angola, na última sexta-feira, em Hannover. E a imprensa mexicana não perdoou a seleção de seu país. ?Com sabor de derrota?, disse o diário El Universal. E não foi só a imprensa que não gostou do desempenho do time contra os angolanos. Os atacantes Omar Bravo e Guillermo Franco foram os mais criticados pelas inúmeras chances perdidas. ?Não há jogos fáceis e você tem de ter um pouco de sorte de a bola entrar no gol?, disse o técnico Ricardo Lavolpe. Com quatro pontos na classificação, e dois gols de saldo, o México enfrenta a já classificada seleção portuguesa na quarta-feira, em Gelsenkirchen, e precisa de um empate para passar às oitavas-de-final. Também na quarta, mas em Leipzig, a Angola, que tem um ponto, enfrenta o já eliminado Irã, que ainda não tem nenhum ponto. Os angolanos, com um gol negativo de saldo, precisam vencer bem e torcer por uma derrota do México para garantir a vaga no saldo de gols.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.