Improvisado na lateral, meia Higor Leite comemora boa fase no Fluminense

A volta da boa fase do Fluminense, que vem de vitória sobre o São Paulo e está nas semifinais da Copa do Brasil - contra o Palmeiras -, tem dado mais tranquilidade ao clube. Recém-chegado, o técnico Eduardo Baptista está começando a impor seu trabalho e uma de suas mudanças está dando certo. Meia de origem, Higor Leite está jogando de lateral-direito e está se dando bem.

Estadão Conteúdo

15 de outubro de 2015 | 20h28

"Independentemente da posição que o professor me colocar, vou tentar dar o meu melhor. Se for na lateral, como volante, ou meia aberto, estou aqui para ajudar. O Eduardo (Baptista) me deu a oportunidade de atuar e abriu a brecha na lateral", disse Higor Leite, que tem se destacado mostrando muita dedicação e aplicação tática.

O meia/lateral-direito comemorou bastante a vitória sobre o São Paulo, na última quarta-feira, no estádio do Maracanã. De acordo com ele, a motivação deste grupo é tão grande que os jogadores já estão olhando para a parte de cima da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. "É um objetivo nosso. Para ver como são as coisas. Há uma rodada, estavam especulando por conta da proximidade do Z4 (zona de rebaixamento), agora já se fala em G4. Assim é o futebol. Nossa meta sempre é estar entre os quatro primeiros", afirmou.

Nesta quinta-feira, os jogadores que iniciaram a partida contra o São Paulo fizeram um trabalho regenerativo na academia do clube e os demais foram a campo para a disputa de um jogo-treino contra o América. O time que iniciou a atividade foi formado por: Julio César; Renato, Nogueira, Victor Oliveira e Ayrton; Edson, Douglas e Robert; Osvaldo, Wellington Paulista e Magno Alves.

Recuperados de dores na coxa direita e esquerda, respectivamente, o volante Pierre e o lateral-direito Wellington Silva foram entregues à preparação física e iniciaram a transição com exercícios na academia e também com voltas no gramado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseHigor Leite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.