Luciano Nagel/Especial para o Estado
Luciano Nagel/Especial para o Estado

Incêndio destrói carros de torcedores do Grêmio próximo à Arena em Porto Alegre

Mais de 16 mil torcedores acompanharam a final do Mundial de Clubes no estádio do time gaúcho neste sábado

Luciano Nagel, especial para o Estado

16 de dezembro de 2017 | 16h45

Um incêndio nas proximidades da Arena do Grêmio, em Porto Alegre, destruiu 14 automóveis de torcedores que acompanhavam a final do Mundial de Clubes entre Grêmio e Real Madrid na tarde deste sábado. Os carros estavam estacionados próximos ao estádio. Informações preliminares do Corpo de Bombeiros de Porto Alegre apontam que brasas de churrasco deixadas nas proximidade de uma àrvore teriam iniciado o incêndio.

Milhares de torcedores acompanham final do Mundial de Clubes na Arena Grêmio

Dentro do estádio, 16.555 torcedores gremistas acompanharam a final do Mundial de Clubes da Fifa na Arena do Grêmio em Porto Alegre. As portas do estádio abriram para o público ao meio-dia com ingressos que variavam entre R$ 30 e R$ 50.

A diretoria do clube gaúcho posicionou um telão com dimensões de 20 por 11 metros, totalizando 220m² de área, posicionado no setor norte do estádio. As traves foram retiradas e todo o espaço do campo foi transformado em pista para que os torcedores pudessem acompanhar o jogo. O gramado da Arena também foi coberto com um piso especial para que a torcida pudesse circular sem danificar o campo.

O torcedor gremista Misael Alves, 31 anos, foi um dos 14 proprietários de automóveis que teve seu carro queimado pelo incêndio ocorrido no estacionamento da Arena do Grêmio na tarde deste sábado. “Estava na Arena assistindo o jogo quando anunciaram pelo microfone que havia mais de 10 carros pegando fogo no estacionamento. Foi horrível, estragou meu dia”, lamentou o gremista que teve seu carro Grand Siena Sedan parcialmente queimado.

Segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros, o fogo teria iniciado por volta das 15h30 deste sábado após brasas de uma churrasqueira, colocada no estacionamento da Arena por torcedores gremistas, terem sido espalhadas pelo chão. A partir de então o fogo se alastrou queimando outros automóveis.

O Estado tentou contato com o proprietário da empresa responsável pelo estacionamento, que preferiu não se manifestar. A Polícia Civil está no local ouvindo depoimentos dos torcedores gremistas que deixaram seus carros estacionados no local e foram prejudicados pelo sinistro. O preço cobrado por automóvel é de R$ 15.

Tudo o que sabemos sobre:
Grêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.