Incidente irrita uruguaios e venezuelanos

A briga entre jogadores venezuelanos e uruguaios, no final da partida disputada no sábado à noite em Maracaibo, provocou acusações mútuas. Depois do empate de 1 a 1, na saída para o vestiário, os uruguaios reclamaram ter sido atingidos por objetos atirados pela torcida e agredidos por jogadores venezuelanos. Os jogadores do time da casa, por sua vez, se queixaram das provocações do líbero Paolo Montero. Por causa da confusão, o Uruguai não participou da entrevista coletiva depois da partida. Os jogadores das duas seleções e o trio de arbitragem argentino tiveram de ficar no estádio até que a polícia conseguisse tirar todos os torcedores do local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.