Indaiatuba se une para manter o Primavera

O Primavera, um dos caçulas do Campeonato Paulista da Série A3, a terceira divisão estadual, vive momentos de turbulência. Na terça-feira à tarde, o presidente João Guerreiro, temendo o futuro do clube na competição, passou um fax à Federação Paulista de Futebol solicitando seu afastamento. À noite, a cidade passou por verdadeira agitação provocada pela revolta de torcedores e conselheiros que exigiam uma posição diferente da diretoria.Pressionado, o presidente do Primavera resolveu voltar atrás. "Estava preocupado diante das dificuldades para ampliação do estádio e para formar o time", justificou João Guerreiro. Em poucas horas, tudo mudou. Um grupo de torcedores exigiu a participação do ex-presidente Tadeu Leite no departamento de futebol do clube, que também conseguiu o apoio, tardio e irrestrito, da prefeitura municipal.O vice-prefeito Antônio Jorge Trinca conseguiu alugar um anel de arquibancada metálica, que começou a ser instalado na manhã desta quarta-feira, com a chegada de três enormes carretas do estádio Ítalo Mário Limongi. A nova estrutura vai comportar mais três mil torcedores, o suficiente para inteirar os 10 mil, capacidade mínima exigida pela FPF.A vistoria do departamento técnico da Federação está marcada para a próxima segunda-feira. Há ainda algumas exigências por parte da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, que serão cumpridas nos próximos dias. "A cidade sabe do sacrifício feito até agora para colocar o time na Série A3 e não quer perder a chance de sonhar com o acesso para a Série A2", diz Tadeu Leite, novo diretor de futebol, que deve usar toda sua experiência para montar o elenco em menos de uma semana. Além dos "pratas da casa", o simpático clube de Indaiatuba, conhecido como Fantasma da Ituano, desfruta de bom relacionamento com clubes de cidades vizinhas, como o Ituano, o Guarani e o União São João de Araras, que devem ceder vários jogadores para o Primavera. A estréia na Série A3 está marcada para dia 1º de fevereiro, em casa, contra o Osasco.

Agencia Estado,

21 de janeiro de 2004 | 17h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.