Indefinição atrapalha Estevam na Ponte

A comissão técnica da Ponte Preta vai esperar até a próxima segunda-feira para ter uma definição sobre a eventual saída do zagueiro Gabriel, que pode se transferir para o Palmeiras. A contratação do volante Flávio também está definida com a diretoria, mas o negócio continua amarrado. Segundo o gerente de futebol do clube, o ex-jogador Ronaldão, Gabriel realmente foi negociado com o empresário Juan Figer. A opção é levá-lo para o Palmeiras. Caso contrário, o zagueiro deve ficar mesmo na Ponte, pelo menos até o final do ano.O problema é que a indefinição está atrapalhando o trabalho do técnico Estevam Soares. Nesta sexta-feira, em Jarinu, a Ponte está treinando, houve um coletivo e Gabriel, de novo, treinou entre os reservas.O time começa o Brasileiro diante do Corinthians, quarta-feira, em Campinas, deve ser confirmado no jogo-treino deste sábado à tarde contra a Portuguesa. Outros problemas atrapalham. O zagueiro Rafael Santos e o atacante Weldon, com lesões musculares, são dúvidas para a estréia, mesmo porque já estão vetados para este duelo com a Lusa. O volante Romeu também está sentido dores musculares e acabou poupado de alguns treinamentos. Os últimos reforços do time, como o lateral Alexandre e o meia Vander, não participarão deste jogo de estréia por causa de regularização de documentos na CBF. A cautela é total, já que no ano passado a Ponte perdeu 4 pontos por irregularidades com o volante Roberto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.