Divulgação
Divulgação

Indicado por Clodoaldo, Lucas Lima celebra 1ª vez na seleção

Campeão de 70 foi auxiliar pontual e fez 'lobby' pelo santista

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

13 Agosto 2015 | 18h18

Ser convocado para a seleção brasileira era um dos grandes sonhos do meia Lucas Lima e um dos motivos para que ele tivesse recusado algumas propostas para se transferir para a Europa. Chamado pelo técnico Dunga nesta quinta-feira para os amistosos contra Costa Rica e Estados Unidos, nos dias 5 e 8 de setembro, o jogador do Santos disse que está vivendo um momento grandioso em sua carreira. 

"Ser convocado para a Seleção é o sonho de todo jogador, é o principal objetivo de todos. Fico muito feliz por ser convocado, é um momento grandioso da minha carreira. Fico feliz pela convocação. Era o que buscava. Era meu objetivo neste ano", disse o meia em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira no CT Rei Pelé. 

Um dos "padrinhos" de Lucas Lima em sua seleção foi Clodoaldo, consultor técnico do Santos. Quando ocupou a função de auxiliar pontual da seleção brasileira nos amistosos contra México e Honduras antes da Copa América, o campeão mundial em 1970 aconselhou a comissão técnica a convocar Lucas Lima. Nesta quinta-feira, presentou o pupilo com uma camisa da seleção brasileira. 

Por outro lado, Clodoaldo pediu que o meia permanecesse no Brasil quando o Porto tentou tirá-lo do Santos. "A expectativa era muito grande. Eu já conversava há muito tempo com o Lucas. Ele me confidenciava que tinha o desejo de ficar. Eu sempre disse que o momento dele (ir à Seleção) ia chegar. E chegou. Ele teve paciência. O que posso desejar é muita sorte e que seja a primeira de muitas convocações", disse Clodoaldo. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.