Alessandra Tarantino/AP Photo
Alessandra Tarantino/AP Photo

Indicado por Sarri, Jorginho deixa o Napoli e é anunciado como reforço do Chelsea

Números não foram revelados, mas a imprensa europeia especula que volante tenha custado entre 50 e 60 milhões de euros ao time inglês

Estadão Conteúdo

14 de julho de 2018 | 09h06

Horas depois de anunciar Maurizio Sarri como seu novo técnico, o Chelsea confirmou a primeira contratação indicada pelo treinador. Trata-se do volante Jorginho, brasileiro naturalizado italiano, que brilhou nas últimas temporadas pelo Napoli sob o comando do técnico.

+ Após demitir Conte, Chelsea anuncia contratação de Maurizio Sarri por 3 anos

+ Geromel volta aos treinos do Grêmio, mas Kannemann deixa atividade mais cedo

+ Com gol de Walter, CSA vence e joga pressão no Fortaleza pela ponta

Os detalhes da negociação não foram revelados, mas a imprensa europeia especula que Jorginho tenha custado entre 50 e 60 milhões de euros aos cofres do Chelsea. O jogador assinou contrato por cinco temporadas e disputará posição com nomes como os de Kanté, Fábregas, Barkley, Bakayoko, Drinkwater, entre outros.

"Eu estou absolutamente em êxtase por estar aqui no Chelsea. Não é fácil se tornar parte de um time tão grande, então, estou muito, muito feliz. Eu estou empolgado por jogar em uma liga tão intensa, por um clube que te dá tudo para jogar e vencer", declarou o jogador ao site do Chelsea.

Nascido no Brasil, Jorginho foi para a Itália ainda adolescente e por lá iniciou a carreira no futebol, pelo Verona. Chegou a atuar emprestado pelo Sambonifacese, mas retornou, conquistou espaço e se destacou, a ponto de chamar a atenção do Napoli, que o contratou em 2014.

Com a camisa do clube napolitano, Jorginho se tornou um dos melhores volantes da Itália e encaixou bem no esquema montado por Sarri. Tanto que, após se naturalizar italiano, passou a chamar a atenção da seleção nacional, que vem defendendo desde o fim do ano passado.

"Estamos muito felizes porque o Jorginho escolheu reforçar o Chelsea. Ele é um dos meio-campistas mais cobiçados na Europa e vai se tornar membro importante de nosso elenco. Ele demonstrou sua qualidade trabalhando com o Maurizio Sarri e estamos convictos que sua chegada vai ajudar a trazer sucesso ao Stamford Bridge", declarou a diretora esportiva do Chelsea, Marina Granovskaia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.