Indonésia e Coreia do Sul se candidatam para Copa

A Indonésia e a Coreia do Sul tiveram suas candidaturas para sediar uma edição da Copa do Mundo confirmadas neste sábado. O prazo final que os países têm para confirmar à Fifa o interesse em sediar o evento nos anos de 2018 e 2022 se encerra nesta segunda-feira. Com as novas nações que entram na disputa, já são nove brigando pelas próximas duas edições sem sede definida. Em 2010, a Copa será realizado na África do Sul. Já em 2014, é a vez do Brasil abrigar a competição.

AE-AP, Agencia Estado

14 de março de 2009 | 11h09

Enquanto a Indonésia é considerada como azarão na disputa, já que tem pouca tradição no futebol, a Coreia do Sul tem a seu favor o fato de já ter sediado a Copa do Mundo de 2002, juntamente com o Japão, evento no qual o Brasil se sagrou pentacampeão. Para os coreanos, a infraestrutura construída para a realização do evento naquele ano faz com que tenham vantagem em relação a outras candidaturas.

A Fifa prometeu a definição das sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022 para dezembro do ano que vem. Além de Indonésia e Coreia do Sul, também estão na disputa Austrália, Inglaterra, Japão, Catar, México, Rússia e Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.