Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Influência de Dorival Junior é decisiva para ascensão santista

Treinador organizou todos os setores do Santos

O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2015 | 07h00

A vitória sobre o Corinthians, pela Copa do Brasil, representou mais uma marca importante no retorno de Dorival Junior ao Santos. Vencer fora de casa era uma meta que o treinador perseguia para dar respaldo à ascensão da equipe. A última vitória como visitante havia sido conquistada no mês de março, contra o Londrina, pela Copa do Brasil. 

“A equipe está jogando bem e uma hora a vitória fora de casa iria acontecer. Nosso time é jovem, que está conhecendo as forças que possui”, comentou o treinador logo após o triunfo na Arena Corinthians. 

O Santos é outro com Dorival Junior. A equipe tem 100% de aproveitamento na Vila. Até agora, foram seis jogos e seis vitórias. Já são dez jogos de invencibilidade. Um das razões desse bom desempenho foi o crescimento ofensivo: foram anotados 23 gols em 11 jogos. O líder do setor é Ricardo Oliveira, artilheiro do Campeonato Brasileiro com onze tentos. 

A defesa também melhorou. Nesse mesmo recorte de dez jogos de invencibilidade, a defesa sofreu apenas cinco gols. Bastou a substituição de Werley por Gustavo Henrique para que o time errasse menos. Também foram importantes a escalação de Thiago Maia como volante e o comprometimento tático de Gabriel e Geuvânio.

Com um time mais compacto e equilibrado, Lucas Lima, o cérebro do time, conseguiu espaço para mostrar sua genialidade. Em resumo, Dorival arrumou todos os setores do time. 

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolBrasileirãoSantos FCDorival

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.