Inglaterra consegue vitória sofrida e se classifica para a Copa do Mundo

Precisando do resultado sobre a Polônia para garantir o passe para o Brasil, venceu por 2 a 0

AE, Agência Estado

15 de outubro de 2013 | 17h57

LONDRES - A Inglaterra entrou na última rodada das Eliminatórias Europeias precisando de uma simples vitória sobre a Polônia, nesta terça-feira, em Wembley, para garantir a vaga direta na Copa de 2014. E, apesar de enfrentar um certo sofrimento, conseguiu seu objetivo: ganhou por 2 a 0 e terminou na liderança do Grupo H, carimbando o passaporte para o Mundial no Brasil. Assim, a Copa de 2014 terá a presença de mais um campeão mundial. Dona do título de 1966, a Inglaterra vai disputar a competição pela 14ª vez na história, juntando-se aos já classificados Rússia, Bósnia-Herzegovina, Alemanha, Suíça, Itália, Holanda, Bélgica, Austrália, Japão, Irã, Coreia do Sul, Costa Rica, Estados Unidos, Argentina, Colômbia e o anfitrião Brasil.

Para ficar com a vaga direta, a Inglaterra terminou na liderança do Grupo H, com 22 pontos. A segunda posição da chave ficou com a Ucrânia, que goleou San Marino por 8 a 0, também nesta terça-feira, e chegou aos 21 pontos - assim, os ucranianos vão poder disputar a repescagem das Eliminatórias Europeias, ainda com chances de garantir presença na Copa. Mesmo diante da já desclassificada Polônia, a Inglaterra sofreu para vencer nesta terça-feira. Abriu o placar com Rooney, aos 41 minutos do primeiro tempo, e só conseguiu sair do sufoco já aos 43 da segunda etapa, quando Gerrard ampliou. Durante o jogo, porém, a seleção polonesa teve chance de estragar a festa em Wembley, principalmente com Lewandowski.

Além do placar apertado durante boa parte do jogo e da ameaça polonesa, a Inglaterra ainda estava pressionada pela Ucrânia, que goleava em San Marino e contava com um tropeço inglês para terminar em primeiro lugar na chave. Devic (3), Seleznyov (2), Yarmolenko, Mandzyuk e Bezus marcaram os gols nos 8 a 0, que deixaram a seleção ucraniana em segundo lugar. Enquanto ameaçava a liderança da Inglaterra, a Ucrânia também podia perder o segundo lugar do grupo nesta última rodada. Mas a goleada sobre o lanterna San Marino evitou qualquer risco. Mesmo porque, o terceiro colocado Montenegro perdeu em casa para a Moldávia, por 5 a 2, também nesta terça-feira, e terminou as Eliminatórias Europeias com apenas 15 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.