Inglaterra fará protesto contra torcedores ucranianos

A Inglaterra anunciou que vai apresentar um protesto formal à Fifa pelos sinalizadores que foram arremessados no gramado durante a vitória da Ucrânia por 1 a 0, no sábado, em partida válida pelas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2010.

AE, Agencia Estado

11 de outubro de 2009 | 14h08

Torcedores ucranianos jogaram vários sinalizadores no campo logo após o início da partida e depois do gol de Serhiy Nazarenko, aos 29 minutos, que deu a vitória aos ucranianos. Adrian Bevington, porta-voz da Associação de Futebol da Inglaterra, disse que a entidade está preocupada com a ocorrência e lembrou que o árbitro Damir Skomina precisou interromper o jogo duas vezes.

"Falamos com o delegado da Fifa e apresentaremos um relato sobre os sinalizadores", disse Bevington. "Daremos seguimento a esta queixa formal. É inaceitável o fato de qualquer jogador seja alvo de um ataque com projéteis e vamos levá-lo à Fifa na próxima semana".

Os jogadores ingleses refutaram a possibilidade do incidente ter relação com o fim da invencibilidade da seleção, que vinha de oito vitórias. "O que ocorreu com os sinalizadores não nos desconcentrou, de forma alguma. É a mesma situação de quando se interrompe um jogo durante alguns minutos porque alguém se machucou", afirmou Rooney.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.