Inglaterra interrompe treinos para visitar obras de Wembley

A seleção inglesa fez uma pausa na preparação para a Copa do Mundo e fez uma visita nesta terça-feira às obras do Estádio de Wembley, o palco da conquista da Copa de 1966 que há cinco anos passa por reformas.Os jogadores, liderados pelo capitão David Beckham, andaram por onde será o gramado, local que ainda está coberto por terra, e autografaram os capacetes dos operários que cuidam da polêmica reforma - o cronograma está atrasado e os trabalhadores já fizeram greve, em protesto por aumento nos salários e contra a falta de segurança no trabalho.Por causa do atraso, os amistosos finais de preparação da Inglaterra não puderam ser disputados em Wembley, como é a tradição inglesa. Os jogos contra a Hungria, no dia 30 de maio, e a Jamaica, em 3 de junho, serão disputados no Old Trafford, em Manchester, onde a equipe disputou quatro dos cinco jogos em casa nas Eliminatórias. Nesta quinta, em Reading, a equipe faz um amistoso contra a Bielo-Rússia.Fantasma dos pênaltisOs jogadores ingleses chegam à Copa com o objetivo de espantar de vez, se necessário, o fantasma das eliminações em disputa de pênaltis, que tiraram o país das Copas de 1990 e 1998 e das Eurocopas de 1996 e 2004. "Perder nos pênaltis é o pior que pode acontecer, nos deixa destruídos", disse o meia Frank Lampard, que estava presente na última eliminação da Eurocopa, diante de Portugal. O goleiro David James, titular nessa disputa e hoje na reserva de Paul Robinson, disse que até hoje se sente culpado. "Tive sete pênaltis e não consegui defender nenhum", lamenta.A Inglaterra estréia na Copa no dia 10 de junho, contra o Paraguai, em Frankfurt. Cinco dias depois, pega Trinidad e Tobago, em Nuremberg, e se despede da primeira fase no dia 20, em Colônia, contra a Suécia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.