Inglaterra não aceita nipo-brasileiro

O Ministério do Interior da Inglaterra negou autorização para que o nipo-brasileiro Alessandro Santos defendesse o Charlton. O meia de 25 anos naturalizou-se japonês, defendendo a seleção asiática na Copa do Mundo. Os ingleses exigem que o jogador estrangeiro tenha atuado em 75% dos jogos da seleção de seu país nos últimos 2 anos para poder atuar em seus campeonatos.

Agencia Estado,

28 Agosto 2002 | 18h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.