Inglaterra veta viagem de 2 mil torcedores

A Justiça da Inglaterra expediu sentença em que proíbe a saída do país de 2 mil torcedores violentos, entre 12 de junho e 4 de julho, período em que se disputará a Eurocopa em Portugal. A intenção é a de evitar que hooligans espalhem terror e desordem durante a competição. O número pode aumentar porque a polícia britânica pretende vetar a viagem de outros 600 baderneiros."Queremos evitar ao máximo o deslocamento de torcedores que representem algum risco para a ordem", afirmou David Swift, porta-voz da divisão da polícia inglesa especializada no combate aos hooligans. "As proibições de viagem já demonstraram ser uma medida eficaz."Atualmente há 28 grupos de agentes espalhados pela Grã-Bretanha em missão especial de identificação de grupos radicais infiltrados nas torcidas organizadas. Por isso, 66 delas estão sob investigação constante.Na Eurocopa de 2000, disputada concomitantemente na Bélgica e na Holanda, pouco mais de 100 torcedores violentos (e reincidentes) foram impedidos de viajar. Mas, como houve brigas, antes de Inglaterra x Alemanha, o governo resolveu ser mais severo nas leis de controle.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.