Ingressos caros para Brasil x Argentina, em Belo Horizonte

CBF espera um público pagante de aproximadamente 60 mil pessoas para a partida válida pelas Eliminatórias

Leonardo Werner, Especial para O Estado de S. Paulo

14 de maio de 2008 | 14h20

A exemplo do que ocorreu em 2004, a cidade de Belo Horizonte voltará a receber o jogo entre Brasil e Argentina, válido pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. Em um encontro realizado na manhã desta quarta na capital mineira, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, e o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira, conversaram sobre detalhes da organização do evento, que será realizado no estádio do Mineirão, no dia 18 de junho.A CBF espera um público pagante de aproximadamente 60 mil pessoas para a partida. Não foi definido ainda o preço dos ingressos, mas, a julgar pelo que disse Teixeira, quem se propuser a comprar um deles possivelmente terá de arcar com um valor elevado. "O torcedor sabe que temos uma seleção cara, com um custo muito alto", disse o dirigente.Ainda de acordo com Teixeira, os ingressos serão comercializados a partir do dia 31 de maio, sábado, em vários pontos de venda distribuídos pela cidade. A partida, disse ele, servirá ainda como um teste para Belo Horizonte, uma das candidatas a sediar jogos da Copa do Mundo de 2014, que será disputada no Brasil. "Eu tenho convicção de que esse será um excelente teste para a cidade", afirmou.Aécio Neves declarou que a realização do maior clássico sul-americano será um grande evento, envolvendo atrações musicais e outras atividades ainda em planejamento.Da última vez que as equipes se encontraram pelas eliminatórias no Mineirão, a seleção brasileira venceu por 3 a 1. Ronaldo, de pênalti, anotou todos os gols brasileiros, enquanto Sorín descontou para os visitantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.