Ingressos do Everton são cancelados por medo de violência

Uefa classifica partida como de alto risco e 1,5 mil ingleses são impedidos de ver a partida

Reuters,

06 de novembro de 2007 | 14h54

Cerca de 1.500 torcedores do Everton tiveram seus ingressos cancelados para o jogo de quarta-feira da Copa da Uefa contra o Nuremberg, na Alemanha, por temores de brigas entre as torcidas, informou nesta terça-feira o time inglês. A Uefa classificou a partida como de alto risco, após ter sido informada que o Nuremberg vendeu 1.500 ingressos diretamente a torcedores do Everton, que ficariam no meio da torcida do time da casa nas arquibancadas. A Uefa aconselhou que os ingressos fossem cancelados. O Everton teve direito a 3.000 entradas para a partida, que terá público máximo de 47.000 pessoas, e disse que recebeu cinco vezes mais pedidos por ingressos do que essa quantidade. "Nunca recomendamos que os torcedores consigam ingressos através do clube anfitrião", disse o porta-voz do Everton, Ian Ross. "Existe preocupação quando fazem isso. Aqueles que compraram essas entradas não poderão usá-las."

Tudo o que sabemos sobre:
EvertonCampeonato Inglês

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.