Ingressos esgotados em Jundiaí

Um princípio de tumulto aconteceu nas bilheterias do Estádio Jaime Cintra, em Jundiaí, no final da tarde de sexta-feira quando foram vendidos todos os 13.500 ingressos para o jogo entre Etti e Palmeiras pelo Torneio Rio-São Paulo, neste sábado, às 16 horas. Muitos torcedores ficaram sem ingressos e ameaçaram protestar invadindo os portões principais, o que obrigou a direção do clube a chamar auxílio da Polícia Militar. Apenas 15 mil ingressos foram colocados à venda para este jogo, sendo que 10% - 1.500 - foram vendidos em São Paulo. A venda tinha começado na manhã ao preço de R$ 10 a arquibancada, R$ 5 para menores e mulheres e R$ 20 a numerada. A rapidez com que acabaram os ingressos abre a perspectiva da ação de cambistas, cuja ação será coibida pela polícia, que armou um esquema especial para evitar confronto entre as torcidas. Estão destacados 150 policiais militares, incluindo reforço da Cavalaria e Canil de Campinas. A última vez que o Etti enfrentou o Palmeiras, oficialmente, foi em 1986, pelo Campeonato Paulista. Na época, o Etti se chamava Paulista de Jundiaí.

Agencia Estado,

22 Março 2002 | 19h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.