Ingressos para os jogos da Copa em São Paulo se esgotam em uma hora

Na venda oficial desta quarta-feira de manhã, alguns torcedores esperaram muito tempo antes de ter acesso à página da Fifa

O Estado de S. Paulo

12 de março de 2014 | 10h39

SÃO PAULO - Das 60 partidas que tiveram ingressos à venda nesta quarta-feira do penúltimo lote para a Copa do Mundo, algumas tiveram rapidamente seus bilhetes esgotados. Em pouco mais de uma hora, as entradas dos jogos da Arena Corinthians, em São Paulo, foram todas compradas.

Com o acesso à página do site da Fifa disponível desde às 8h da manhã, os ingressos para Uruguai e Inglaterra, Holanda e Chile, Coreia do Sul e Bélgica e a partida da semifinal do Mundial foram vendidas em pouco mais de 60 minutos. Houve uma corrida desenfreada no site da Fifa para adquirir as entradas. Depois de fazer as reservas, o comprador tinha 15 minutos, cronometrado no próprio site, para confirmar a compra. Se isso não ocorresse por algum motivo, os ingressos reservados voltavam para o lote de vendas. 

Dos jogos que acontecem em São Paulo, apenas a partida da abertura, entre Brasil e Croácia, dia 12 de junho, e das oitavas de final não tinham ingressos disponíveis à venda.

Além desses, os torcedores não perderam tempo e garantiram rapidamente os ingressos para os outros jogos da seleção brasileira. As entradas que estavam à venda eram para as partidas do Brasil com o México, na Arena Castelão, em Fortaleza, e também do Brasil contra Camarões, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Os usuários de cadeiras de rodas e pessoas com mobilidades reduzidas ainda podem conseguir seus ingressos para esses dois jogos da primeira fase. A procura era pequena até o fim da manhã.

Mesmo assim, a alta procura ainda causa grandes 'filas virtuais' no site da Fifa. Pelas redes sociais, torcedores que ainda não tiveram acesso à página de compras expressam descontentamento. A reportagem do Estado teve de esperar por mais de duas para entrar no site da venda de ingressos nesta manhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.