Ingressos: São Paulo pode dar o troco

A diretoria do São Paulo garante que não é represália, mas admite a possibilidade de destinar ao Palmeiras menos de 10% dos ingressos para o clássico do dia 25 - no segundo confronto entre as equipes pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores da América. O clube pretende colocar à venda 71.500 ingressos e, destes, menos de 7 mil podem ser entregues aos palmeirenses, como admitiu nesta terça-feira o diretor de planejamento do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes. ?No primeiro jogo, a prioridade era o torcedor do Palmeiras. Agora mudou. Desta vez, a prioridade é o torcedor do São Paulo. Vamos levar em conta o interesse, o conforto e a conveniência do nosso torcedor?, disse o dirigente. Os são-paulinos se irritaram com a decisão do Palmeiras de levar o primeiro jogo - marcado para amanhã - para o Parque Antártica. Foram colocados apenas 20 mil ingressos à venda e só 2 mil ficaram com os torcedores do Tricolor. Lopes garante que a determinação de destinar 10% de ingressos à torcida rival diz respeito ao Regulamento Geral de Competições da CBF. O dirigente quer saber se isso se aplicaria também à Conmebol - a entidade organizadora da Libertadores. ?O Departamento Jurídico do clube está estudando a legislação e só depois de ter isso esclarecido vamos tomar uma decisão?. O diretor admite que se não for obrigado a reservar uma cota mínima à torcida rival, não vê razões para que isso ocorra. ?Vamos ter uma reunião hoje à tarde com a Polícia Militar para definir detalhes do esquema de segurança. Nessa reunião vamos estudar também a questão dos ingressos?, adiantou. ?Mas é sempre bom lembrar que vamos levar em conta o bom senso, a segurança e a gestão profissional. Num evento de importância como esse, temos de agir de forma ainda mais profissional?, garantiu. INGRESSOS - Tentando evitar os problemas verificados na segunda-feira - quando os ingressos para o primeiro jogo se esgotaram em cinco horas - a diretoria do São Paulo iniciou hoje venda de ingressos para a partida da volta. Haverá sete pontos de venda. Os preços variam entre R$ 20,00 e R$ 60,00. Estudantes pagam meia entrada.Veja os pontos de venda:www.ingressofacil.com.brFone: 2162-7250 das 11:00s às 17:00s Estádio do Morumbi ? dias 17, 18, 19, 20, 21, 23 e 24 de maio, das 11 às 17 horas e no dia 25 de maio, das 11 até o início do jogo Ginásio do Ibirapuera - dias 17, 18, 19, 20, 21, 23, 24 e 25 de maio, das 11 às 17 horas Estádio do Pacaembu - dias 17, 18, 19, 20, 21, 23, 24 e 25 de maio, das 11 às 17 horas Estádio Anacleto Campanela (São Caetano) - dias 17, 18, 19, 20, 21, 23, 24 e 25 de maio, das 11 às 17 horas Estádio do Canindé ? dias 17, 18, 19, 20, 21, 23, 24 e 25 de maio, das 11 às 17 horas Lojas Roxos e Doentes do Shop. West Plaza - dias 17, 18, 19, 20, 21, 23, 24 e 25 de maio, das 11 às 17 horas Jaçatuba - Santo André (Rua dos Ramalhões, 10 - Parque Jaçatuba) - dias 17, 18, 19, 20, 21, 23, 24 e 25 de maio, das 11 às 17 horas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.