Início arrasador do Inter em vitória surpreende Dorival

Dorival Júnior não escondeu que o fato de o Internacional ter aberto 3 a 0 sobre o América-MG, na última quarta-feira, no Beira-Rio, em apenas 13 minutos de jogo, o surpreendeu. Após o confronto, que terminou em 4 a 2 e deixou o seu time na oitava posição do Campeonato Brasileiro, o técnico qualificou o duelo como atípico, até porque todos os gols do mesmo foram marcados no primeiro tempo.

AE, Agência Estado

08 de setembro de 2011 | 09h13

"Foi um jogo bem diferente da maioria dos outros, porque estávamos vencendo por 3 a 0 em 15 minutos (na verdade, 13). Conseguimos marcar no campo do adversário e construir gols cedo. O jogo no segundo tempo foi mais movimentado, mas os gols foram marcados no primeiro. Foi uma coisa estranha. Tivemos algumas mudanças na defesa e nós temos que ter um tempo para que os jogadores se adaptem a eles mesmos", avaliou o treinador.

Já o meia Oscar, autor do quarto gol do Inter diante do América, após dar belo corte em um zagueiro e tocar com categoria no ângulo esquerdo do goleiro adversário, destacou que agora tenta começar a trilhar o seu caminho em busca de uma vaga na seleção brasileira de Mano Menezes. Ele mira este objetivo depois de ter sido um dos grandes destaques do Brasil na conquista do Mundial Sub-20, mês passado, na Colômbia.

"Pude fazer um belo gol e ajudar a equipe, que é o mais importante. Agora espero chegar à seleção brasileira e dar o meu máximo, como sempre faço aqui no Inter", ressaltou o jogador.

O meia D''Alessandro, que fez o terceiro gol do Inter nesta quarta, deixou em segundo plano a sua atuação e destacou a força coletiva da equipe. "O mais importante é a vitória. Fico feliz pelo trabalho feito hoje (quarta) por todo o grupo", celebrou.

O lateral Nei, por sua vez, lembrou que o time gaúcho será obrigado a seguir vencendo se quiser sonhar com o conquista do Brasileirão. "A gente precisa de uma sequência boa para tentar voltar a brigar pelo título. Agora vamos buscar novo resultado positivo diante do Palmeiras (domingo, no Pacaembu)", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.