Patrick Hertzog/AFP
Patrick Hertzog/AFP

Iniesta diz que Espanha será outra contra a Rússia: 'Tudo se pode melhorar'

Experiente jogador minimiza empate por 2 a 2 na última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo

Estadão Conteúdo

26 Junho 2018 | 06h06

O meia Andrés Iniesta minimizou o fraco futebol apresentado pela seleção espanhola no empate por 2 a 2 com Marrocos na segunda-feira, em Kaliningrado, pela última rodada do Grupo B da Copa do Mundo. O jogador já está de olho nas oitavas de final, no duelo eliminatório contra a anfitriã Rússia.

+ Isco cobra atenção nas bolas paradas e meio de campo mais efetivo da Espanha

+ Hierro diz que classificação da Espanha em 1º lugar foi sorte e cobra jogadores

"Não temos muito tempo para o próximo jogo. Temos capacidade para evoluir ainda mais, porque a partida contra a Rússia exigirá mais da gente", afirmou em entrevista à TV espanhola Telecinco. O veterano de 34 anos, apesar da idade, esteve em campo nos 90 minutos contra a seleção marroquina.

E foi dele a assistência para o primeiro gol dos espanhóis, marcado por Isco. A Espanha esteve por duas vezes atrás do marcador e só arrancou o empate nos acréscimos após Aspas balançar as redes. O gol foi validado com a ajuda do VAR, pois o auxiliar, inicialmente, havia visto impedimento.

Foi a segunda vez que o árbitro de vídeo salva a Espanha na Copa. Pela segunda rodada, o VAR anulou um gol do Irã, e os espanhóis venceram por 1 a 0. A seleção europeia, apesar de ter garantido a liderança da chave, terminou a primeira fase com dois empates e uma vitória.

 

Iniesta ignorou o fraco retrospecto. "Na próxima fase estaremos à altura. Cumprimos nosso objetivo e estamos na próxima fase como primeiro do grupo. Tudo se pode melhorar", destacou o jogador que atuará na próxima temporada pelo Vissel Kobe, do Japão.

Espanha fechou a primeira fase com cinco pontos, na ponta do Grupo B. Portugal também foi a cinco pontos e garantiu a outra vaga da chave, mas ficou na segunda colocação por ter feito menos gols do que o rival (6 a 5). A seleção espanhola enfrentará a Rússia no sábado, às 11h (de Brasília), na Arena de Kazan. Portugal jogará contra o Uruguai, no mesmo dia, mas às 15h, em Sochi.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.