Lluis Gene/AFP
Lluis Gene/AFP

Iniesta volta aos treinos deve ser relacionado contra Real Madrid

Meia do Barcelona continua como dúvida para clássico deste domingo, pelo Campeonato Espanhol, no Camp Nou

Estadão Conteúdo

04 Maio 2018 | 17h14

O meia Iniesta voltou a treinar com os companheiros de Barcelona nesta sexta-feira e a tendência é que seja relacionado para o clássico contra o Real Madrid, no domingo, às 15h45 (de Brasília), no Camp Nou, pela antepenúltima rodada do Campeonato Espanhol.

+ Manchester United perde chance de confirmar vice no Inglês

+ PSG fica só no empate com o Amiens pelo Campeonato Francês

O clássico perdeu um pouco importância já que o time catalão conquistou o título antecipado na última rodada. Mas restou ao time de Cristiano Ronaldo a oportunidade de carimbar a faixa e impedir que o arquirrival conquiste a competição de maneira invicta. Até aqui, após 34 rodadas, o Barcelona tem 26 vitórias e oito empates.

Iniesta havia ficado de fora da atividade na quinta-feira e tinha a presença incerta na partida. Será a última vez que o meio-campista terá a oportunidade de enfrentar o Real Madrid com a camisa do Barcelona. O jogador anunciou recentemente que deixará o time catalão após 16 temporadas.

O centroavante Luis Suárez destacou nesta sexta-feira a importância de Iniesta ao Barcelona. "Foi um dos primeiros a abrir os braços quando cheguei, se sentou ao meu lado. Tomara que a gente ainda compartilhe mais coisas boas. É admirável o que fez como jogador e o que conseguiu dar ao clube.

Na bagagem, ele carregará 32 títulos, contando o Espanhol e a Copa do Rei, conquistados nesta temporada. No entanto, a tendência é que fique no banco de reservas. Iniesta não começou entre os 11 na última rodada, na vitória por 4 a 2 sobre o La Coruña, que garantiu a 25ª taça do Nacional ao Barcelona.

Sobre o clássico, Suárez disse que apesar de a conquista ter vindo antecipada, a importância de sair com a vitória é sempre a mesma. "É um jogo incrível. É sempre um grande espetáculo. O jogador sofre, tem que conter o nervosismo, a ansiedade. Cada encontro é especial, sempre acontece algo", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.