Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Insatisfeito, Lucca vai ganhar oportunidade de Carille no Corinthians

Atacante deve ter oportunidade contra o Rangers, mas quer mais espaço

Estadao Conteudo

11 Janeiro 2018 | 20h18

Após se destacar no empréstimo para a Ponte Preta, Lucca voltou ao Corinthians com a possibilidade de ser negociado, mas permaneceu no clube e está insatisfeito com a situação. O jogador, que chegou a brigar pela artilharia do Campeonato Brasileiro, virou moeda de troca para a diretoria corintiana e isso o deixou incomodado. Como, por enquanto, ele vai ficar, o técnico Fábio Carille afirmou que irá utilizá-lo, mas mandou um recado para o jogador.

+ Sem registro, Juninho Capixaba fica fora da estreia do Corinthians no Paulistão

"Tive uma conversa com o Lucca. Ele está nos planos, tem contrato, sabe disso, e no jogo de sábado vai jogar 45 minutos. Quero colocar o grupo todo para jogar ou quase todos. É bom se sentir incomodado (por não jogar). Ele fez um ano maravilhoso em 2017 e faz parte dos planos, sim. Ele faz parte do grupo, e temos uma linha aqui dos jogadores do ano passado, mas o Lucca já está sabendo que no sábado joga 45 minutos", disse o treinador, deixando claro que o atacante inicia o ano entre os reservas.

A insatisfação do jogador se dá justamente pelo desdém com que tem sido tratado pela diretoria. Até por causa disso, ainda existe a possibilidade de ele deixar o clube nos próximos dias. O meia Rodriguinho elogiou o companheiro e disse que esperar ver a situação definida o quanto antes.

"Ele já é um cara experiente, já rodou bastante, esteve aqui em outra oportunidade e sabe que não é fácil conseguir se manter na equipe. É um trabalho árduo até chegar numa condição boa. Ele está buscando o espaço dele, já demonstrou que tem potencial e deve ter conversado com o Carille. Futebol é assim, infelizmente se você não tem espaço em algum lugar, vai ter que procurar outro para tentar ser feliz. Eu gostaria, pela qualidade que já demonstrou, que ficasse e nos ajudasse. Já provou que tem total condição de vestir a camisa do Corinthians", comentou.

No ano passado, o atacante e Carille adotaram discursos contrários em relação ao motivo da saída do atleta. Lucca afirmou que gostaria de ficar, mas foi convencido a sair para conseguir ter espaço para jogar. Já o treinador assegurou que partiu do jogador a vontade de deixar o clube.

 

Mais conteúdo sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.