Jon Super/AP
Jon Super/AP

Insatisfeito no City, Yaya Touré afirma que seria uma honra jogar pelo PSG

Volante está atualmente concentrado na disputa da Copa do Mundo pela Costa do Marfim

Agência Estado

27 de maio de 2014 | 09h21

PARIS - O marfinense Yaya Touré, que está com sua situação indefinida no Manchester City, declarou em entrevista publicada nesta terça-feira que estaria interessado em atuar pelo Paris Saint-Germain. Apesar da conquista do título inglês da última temporada, o agente do atleta disse recentemente que o volante se sentiu desvalorizado porque a diretoria da equipe não lembrou de seu último aniversário, em 13 de maio.

"Tendo em vista os objetivos do PSG, como você poderia não estar interessado em um clube como esse? Seria uma honra jogar por um clube desses algum dia", afirmou Touré à revista France Football. O jogador teve sua transferência especulada para o Barcelona na última semana, o que representaria seu retorno à equipe de onde ele saiu em 2010.

Desde que chegou ao Manchester City, o meio-campista já conquistou dois títulos do Campeonato Inglês, um da Copa da Inglaterra, um da Copa da Liga inglesa e um da Supercopa da Inglaterra. O jogador teve passagem pelo futebol francês na temporada 2006/2007, quando defendeu o Mônaco. Se confirmado na lista final da Costa do Marfim para a Copa do Mundo, o que obviamente deverá acontecer, ele disputará seu terceiro Mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.