Insatisfeito no Milan, Inzaghi pensa em trocar de clube

O veterano atacante italiano Filippo Inzaghi admitiu neste domingo que pode deixar o Milan na próxima janela de transferências do futebol europeu, agora em janeiro. Nesta atual temporada, o jogador de 38 anos atuou por apenas 34 minutos e não foi nem inscrito pelo treinador Massimiliano Allegri no elenco do time para a disputa da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

AE, Agência Estado

13 de novembro de 2011 | 17h47

"Se eu continuar me sentindo importante, não terá problemas. Caso contrário, veremos o que acontece nos dois próximos meses", afirmou Inzaghi, que disputa posição no ataque do Milan com jogadores como o sueco Ibrahimovic e os brasileiros Robinho e Alexandre Pato. Outro concorrente era o também italiano Cassano, mas ele passou por cirurgia cardíaca e ficará até seis meses sem jogar.

Apesar da ausência de Cassano, o Milan parece que não pensa na possibilidade de aproveitar mais Inzaghi, já que procura contratar um novo atacante - o argentino Maxi Lopez, do Catania, é o favorito. Assim, o veterano de 38 anos, que já fez mais de 300 jogos pelo clube e foi campeão mundial com a seleção italiana em 2006, pode ir embora em janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMilanInzaghi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.