Insatisfeito, Rodrigo Fabri deve acertar saída do São Paulo

Em mais um dia de treinos físicos e táticos no CCT da Barra Funda, a novidade desta sexta-feira no São Paulo ficou para um jogador que passa mais tempo no banco de reservas do que em campo. Insatisfeito com as poucas chances que têm na equipe principal e com a decisão da diretoria de mandá-lo treinar com o time B, que fará uma excursão à Índia, o meia Rodrigo Fabri está muito perto de acertar a rescisão de contrato com o clube paulista. Com a formação de uma equipe alternativa para a disputa de cinco amistosos na Índia - a viagem acontecerá no próximo dia 22 -, os dirigentes ordenaram que Rodrigo Fabri treinasse com o elenco no Centro de Treinamento de Cotia, na Grande São Paulo. No entanto, o meia não apareceu para treinar, alegando que até participaria da excursão, mas que queria estar no grupo principal quando voltasse da viagem. Com a iminente rescisão de contrato, que deverá ser feita de uma forma amigável entre as duas partes, o destino de Rodrigo Fabri deverá ser definido logo. O Sport, que conseguiu o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, seria o principal interessado no jogador, que foi contratado pelo São Paulo no final de 2005 e tem contrato até dezembro deste ano. Problemas com Rodrigo Fabri a parte, o técnico Muricy Ramalho segue comandando treinos táticos para dar entrosamento e melhor posse de bola ao time. Nesta sexta, ele realizou um exercício chamado de ´treino alemão´, onde os jogadores são divididos em três equipes no mesmo campo. O único desfalque é o lateral-direito Ilsinho, que sofreu uma lesão muscular na coxa direita e deve ficar de fora de sete a dez dias. Para o lugar de Ilsinho, Muricy deve escalar o equatoriano Reasco. No entanto, o treinador ainda não definiu o esquema que será utilizado para a estréia contra o Sertãozinho, na próxima quinta-feira. "Os clubes do interior passam muito tempo treinando. Tudo pode acontecer. Nosso adversário, em específico, é uma das equipes melhores preparadas no Paulistão", explicou o treinador. Nova camisa A Reebok, empresa que fabrica o material esportivo da equipe, apresentará, na próxima terça-feira, os novos uniformes do São Paulo para a temporada 2007. Uma das novidades será a inclusão do escudo da CBF, que indica que o time é o atual campeão brasileiro. No evento, serão mostrados também as duas camisas que o clube utilizará em jogos no exterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.