Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Inspirado em 1951, Palmeiras apresenta novo uniforme para a temporada

Oberdan Cattani participa do evento; camisa, que custa R$ 179,90, traz o escudo antigo

DANIEL AKSTEIN BATISTA, Agência Estado

31 de maio de 2011 | 15h34

Em clima de festa e nostalgia, o Palmeiras apresentou seu novo uniforme na tarde desta terça-feira, em um evento na Academia de Futebol. A camisas número 1 foi inspirada no título da Copa Rio de 1951 e leva no peito o antigo distintivo (a letra P).

O troféu da conquista de 60 anos atrás, aliás, foi tirado da empoeirada casa que guarda as relíquias do Palmeiras depois que as obras começaram no estádio e ficou exposta nesta terça durante a festa. A outra novidade é a volta da camisa branca, que por muito tempo foi trocada pelos outros uniformes comemorativos, como a verde-limão e a azul.

A camisa titular, verde, pode ser usada (e vai ser vendida) em duas versões. Uma delas traz a tecnologia TechFit, e fica mais justa no corpo - ela será comercializada por R$ 299,90, com apenas 600 unidades. A outra é mais tradicional, e sairá por R$ 179,90 (sem número), mesmo preço da peça branca.

Marcos Assunção, Deola, Pierre, Wellington Paulista e Kléber foram alguns dos atletas que desfilaram com o novo uniforme. "Ser modelo é muito ruim, eu não sei o que fazer aqui em cima (da passarela)", disse Wellington. "É mais fácil fazer gol do que desfilar".

O momento mais emocionante foi quando Oberdan Catani foi chamado ao palco. O goleiro participou da conquista em 1951 e, aos 91 anos, continua emocionando os torcedores palmeirenses.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasuniforme

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.