Rodrigo Coca/ Agência Corinthians
Rodrigo Coca/ Agência Corinthians

Inspirado por retomada, Corinthians promete não facilitar vida do Novorizontino

Equipe alvinegra pode ajudar rival Palmeiras a chegar às quartas de final do Campeonato Paulista

Toni Assis, especial para o Estadão, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2021 | 23h45

Em um jogo que, na prática, pouco vale para o Corinthians, o técnico Vagner Mancini tratou de exaltar o espírito vencedor que norteia a história do clube para afastar qualquer possibilidade de uma atuação desinteressada. O confronto, que acontece na Neo Química Arena, diante do Novorizontino, às 16 horas deste domingo, vale pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista Sicredi 2021.

O contexto da postura do treinador corintiano é simples de entender. O Palmeiras se classifica com um empate do time alvinegro desde que derrote a Ponte Preta em Campinas. Logo após a vitória corintiana no Peru pela Copa Sul-Americana, Mancini já fez questão de tratar do assunto. "Teremos um jogo importante e queremos a vitória. O Corinthians vive de vitórias. E é importante que a gente estabeleça uma marca", salientou o treinador.

Pressionado desde o início da temporada 2021 pelas atuações irregulares da equipe nas três competições que vem disputando, o comandante corintiano conseguiu uma trégua nesse embate com a torcida. A vitória sobre o Sport Huancayo recolocou a equipe na briga pela vaga na fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Outro ponto que vem animando o comandante é o novo esquema que a vem utilizando: o 3-5-2. "Espero que a gente seja cada dia mais coeso. A mudança tática foi importante porque o time ficou diferente, mas agressivo e ofensivamente tivemos um bom volume de jogo", comentou após a partida no Peru.

Mas se o esquema está definido, o time que vai a campo ainda é uma incógnita. O treinador vai avaliar a recuperação dos atletas que atuaram na quinta-feira e, numa conversa com a comissão técnica, deve escolher os jogadores que estiverem melhor condicionados.

NOVORIZONTINO

Disputar uma vaga nas quartas não estava nos planos do Novorizontino depois de se distanciar do Palmeiras na briga pela segunda vaga do Grupo C. "É frustrante pela situação em que nos encontrávamos no campeonato, com uma boa vantagem em relação ao Palmeiras. Mas ao mesmo tempo, saímos satisfeitos por irmos para a última rodada com o Novorizontino dependendo apenas de nossas forças para buscar uma possível classificação para a próxima fase", comentou o técnico Léo Condé.

Acontece que o time de Novo Horizonte perdeu cinco dos seis pontos que disputou nas últimas duas rodadas. Foi derrotado pelo Guarani, por 2 a 1, em Campinas, e empatou em casa com o Botafogo no meio desta semana. Antes da última rodada, o Novorizontino tem 19 pontos, contra 18 do Palmeiras.

Sobre a possibilidade do Corinthians, já classificado, utilizar um time reserva o técnico acredita que as dificuldades são sempre grandes. "Quem entra quer mostrar serviço. Qualquer jogador que esteja no Corinthians precisa ter muita qualidade técnica", ressaltou. Em relação ao time, a base será mantida. Existe a possibilidade de uma alteração no meio-campo com a entrada de Murilo Rangel no lugar de Léo Baiano.  

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS x NOVORIZONTINO

CORINTHIANS - Cassio; Jemerson, Raul Gustavo e Bruno Mendes; João Vitor, Ramiro, Camacho, Gabriel Pereira e Lucas Piton; Jô e Gustavo Mosquito (Otero). Técnico: Vagner Mancini.

NOVORIZONTINO - Giovanni; Felipe Rodrigues, Robson, Bruno Aguiar e Paulinho; João Pedro, Murilo Rangel e Danielzinho; Cléo Silva, Douglas Baggio e Jenison. Técnico: Léo Condé.

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira.

HORÁRIO - 16 horas.

LOCAL - Neo Química Arena, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.