Flickr Oficial / Botafogo
Flickr Oficial / Botafogo

Instável após troca de técnico, Botafogo vai ao Paraguai enfrentar o Nacional

Adversário na Copa Sul-Americana ainda não venceu nas três rodadas disputadas do torneio Clausura

Estadão Conteúdo

01 Agosto 2018 | 06h10

Vivendo momento ruim no Campeonato Brasileiro, o Botafogo agora muda o foco para disputar a segunda fase da Copa Sul-Americana, a maior esperança de título do clube carioca no segundo semestre. O jogo de ida do confronto com o Nacional, do Paraguai, será no Defensores Del Chaco, em Assunção, às 19h30 desta quarta-feira.

A equipe, porém, ainda não mostrou em campo estar adaptada à nova filosofia de trabalho, agora ditada pelo técnico Marcos Paquetá. Com Alberto Valentim no comando no primeiro semestre, o Botafogo foi campeão do Campeonato Carioca, passou da primeira fase da Copa Sul-Americana e ocupava posição intermediária no Brasileirão.

Valentim deixou o clube para dirigir o Pyramids, do Egito, por isso Paquetá foi contratado, mas o time não decolou desde o reinício das competições de clubes após o fim da Copa do Mundo. No Brasileirão, foram três derrotas e uma vitória sob o comando do novo treinador.

O último compromisso foi pela 16ª rodada do torneio, no domingo, quando o Botafogo perdeu por 3 a 0 para o Internacional, no Beira-Rio. O resultado deixou o time carioca no 11º lugar no torneio, com 20 pontos, 14 atrás do Flamengo, que lidera a competição.

Em campo, Paquetá poderá voltar a contra com Kieza, poupado contra o Inter por causa de dores musculares, enquanto Rodrigo Pimpão e Rodrigo Lindoso estavam suspensos no último compromisso pelo Brasileirão, por isso também poderão enfrentar o Nacional do Paraguai. No gol, Saulo será titular mais uma vez, já que Gatito Fernández e Jefferson seguem se recuperando de lesões.

O Nacional vem de campanha regular no torneio Apertura do Campeonato Paraguaio, disputado no primeiro semestre, quando ficou em quarto lugar, com 38 pontos, 15 a menos do que o Olímpia, que foi campeão. No Clausura, porém, já foram disputadas três rodadas e a equipe ainda não venceu. O time do treinador Celso Ayala, que foi zagueiro do Paraguai nas Copas do Mundo de 1998 e 2002, vem de empate por 1 a 1 com o General Díaz, em casa.

 

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa Sul-americana Botafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.