Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Instável sem Carille, Clayson diz que Corinthians conquistará títulos com Loss

Atacante aposta na evolução da equipe alvinegra sob o comando do novo treinador

Estadão Conteúdo

28 Junho 2018 | 21h14

O Corinthians ainda não se encontrou nos sete jogos sob comando do técnico Osmar Loss, que acumula quatro derrotas, dois empates e apenas uma vitória após a saída de Fábio Carille. Mas a equipe confia na preparação que será feita durante a parada para a Copa do Mundo da Rússia para retomar a estabilidade e os títulos.

+ Danilo Avelar revela ser corintiano e diz que pai é torcedor fanático do clube

"O Corinthians vai entrar para buscar todos os títulos da temporada. Sabemos que em alguns momentos vamos ter que optar por uma coisa ou outra (Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Libertadores). Enquanto a gente tiver forças, sentir que dá para chegar longe, vamos tentar chegar longe. Vamos buscar tudo que estivermos disputando", afirmou o meia-atacante Clayson, em entrevista coletiva nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, em São Paulo.

Os jogadores ganharam 11 dias de férias e se reapresentaram na última segunda-feira. Clayson se recuperou de artroscopia no joelho direito e está à disposição de Osmar Loss. Inclusive já treinou com bola nesta semana. "Fico muito feliz por estar retornando para ajudar meus companheiros de equipe. Foram quase dois meses trabalhando forte em dois períodos, mas a estrutura do clube me ajudou bastante, voltei antes da Copa, antes do que foi previsto", comemorou o atleta, que vinha sendo um dos destaques da equipe.

Ele ainda não sabe se continuará sendo utilizado aberto na esquerda, função que fazia com Fábio Carille. "Acho importante que a filosofia de jogo tenha sido mantida e vou me adaptar a ela o mais rápido possível", disse Clayson.

Além dos treinos, o Corinthians tem pela frente uma série de amistosos até a retomada das competições oficiais. O primeiro deles será na próxima quarta-feira, às 20h30, contra o Cruzeiro, em Minas Gerais. Clayson trabalha para estar na partida. "Eu creio que tenho condição de jogo, já me sinto muito melhor. Talvez não os 90 minutos, pela questão da retomada física. Acredito que consigo ajudar em boa parte do jogo, se eu for escolhido e levado para a viagem pela comissão técnica", comentou.

Outros dois amistosos estão marcados para os dias 8 e 11 de julho, diante de Grêmio e Cruzeiro, respectivamente, ambos na Arena Corinthians, em São Paulo. Em jogos oficiais, o time alvinegro paulista encara o Botafogo, também em casa, no dia 18 de julho, pela 13.ª rodada do Brasileirão.

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebol Corinthians Clayson Osmar Loss

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.