Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Instruções na lousa marcam primeira semana de Roger no Palmeiras

Técnico começa a mostrar estilo de trabalho e aguarda jogo-treino para revelar possível formação titular

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

11 Janeiro 2018 | 11h00

A primeira semana de Roger Machado como técnico do Palmeiras começou a mostrar algumas características do trabalho do novo treinador. Uma das que chamou a atenção no início das atividades técnicas do time na pré-temporada é o apreço do técnico pela lousa, que esteve presente em vários dos trabalhos do elenco neste início de 2018.

+ Mina se torna o zagueiro mais caro vendido pelo Brasil

+ Tabela do Campeonato Paulista 2018

A lousa colocada no gramado é foco recorrente das atenções. O treinador usa o objeto para ilustrar com desenhos o posicionamento e o trabalho desejados para os atletas aplicarem nas atividades. Até agora, contudo, o time titular do Palmeiras para 2018 ainda não é conhecido. A expectativa é de no jogo-treino de sexta-feira, contra o Atibaia, esse mistério terminar.

Os trabalhos físicos na pré-temporada têm sido com bola. O novo técnico cobra muita intensidade e grita com os atletas para aplicarem nas atividades a mesma entrega, velocidade e movimentos de uma partida oficial. Roger é bastante participativo, ao acompanhar de perto os jogadores e gritar bastante.

O técnico inicia o trabalho com uma comissão técnica bastante renovada. A saída de Alberto Valentim, no fim do ano passado, fez o Palmeiras buscar um novo auxiliar fixo. O escolhido foi Andrey Lopes, antigo braço direito de Dunga no comando da seleção brasileira. Roger também trouxe seus dois assistentes: Roberto Ribas e James Freitas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.