Divulgação
Divulgação

'Instrutor' de Breno, Wesley elogia novo volante do São Paulo

Zagueiro de origem ganha espaço em outro setor do time

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

13 de agosto de 2015 | 19h45

O São Paulo passou a ter nos últimos dias uma nova opção para o setor de volantes. Breno, zagueiro de origem, passou a atuar na posição e foi titular na vitória por 2 a 0 contra o Figueirense, pelo Brasileirão, quando jogou ao lado de Wesley, que nesta quinta elogiou o companheiro e revelou dar dicas para que ele se adapte o quanto antes ao novo papel tático.

"A gente que está nessa posição há bastante tempo, vai dando auxílio. Não é um bicho de sete cabeças, porque ele sabe sair para o jogo, tem bastante força e sabe os atalhos. Vamos dar dicas para ele, sim", comentou Wesley em entrevista coletiva. O time retornou de Florianópolis pela manhã e na parte da tarde fez um treino regeneativo no CT da Barra Funda. Os titulares ficaram apenas na hidroginástica.

Breno voltou a atuar no domingo após quatro anos parado e entrou no segundo tempo da partida contra o Corinthians. Em Florianópolis, foi titular e participou do lance que originou o pênalti convertido por Rogério Ceni e que fechou o placar de 2 a 0. "Breno é um cara sensacional, trabalha muito e jogou em outra função, o que não é normal. Ele acabou recebendo a oportunidade e está jogando bem", elogiou. O técnico Juan Carlos Osorio também destacou o trabalho de Breno e disse que o jogador deveria ser um exemplo para os demais pela sua dedicação.

Na tarde desta quinta-feira os reservas treinaram com o retorno de Rodrigo Caio. O volante estava com uma tendinite na coxa esquerda e foi desfalque nas duas últimas partidas. O trabalho em campo reduzido teve a participação ainda de Wilder, que ainda busca condicionamento físico para estrear, e de Michel Bastos. O meia foi poupado contra o Figueirense e deve ficar à disposição para sábado, quando o time recebe o Goiás, no Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.