Bruno Cantini / Atlético-MG
Bruno Cantini / Atlético-MG

Intensidade de confronto da Libertadores preocupa Levir no Atlético-MG

Técnico pensa em poupar titulares na partida deste fim de semana no Campeonato Mineiro

Redação, Estadão Conteúdo

31 Janeiro 2019 | 10h29

A preparação dentro de campo dos titulares do Atlético Mineiro para a estreia na Copa Libertadores está encerrada. Na noite de quarta-feira, no terceiro jogo em que contou com a força máxima neste início de temporada, o time goleou a URT por 4 a 0, no Independência, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro.

Antes, os titulares haviam aplicado 5 a 0 no Boa e empatado por 1 a 1 com o Cruzeiro pela competição estadual - um time formado e jovens das divisões perdeu por 1 a 0 para o Tombense. No sábado, os principais jogadores serão poupados do duelo com o Guarani de Divinópolis, já visando o compromisso de terça-feira com o Danúbio, no Uruguai, pela segunda fase preliminar da Libertadores.

Após a partida de quarta-feira, Levir Culpi indicou que não utilizará os titulares no fim de semana, sendo que já não poderia contar com os suspensos Iago Maidana e Elias. O treinador está preocupado com a intensidade de um confronto de mata-mata da Libertadores logo no começo da temporada, quando os jogadores ainda não adquiriram a condição física ideal.

"Pena que o próximo jogo do regional seja muito próximo do jogo da Libertadores. Então, não dá para colocar todo mundo, temos que controlar um pouco. É o mínimo porque a rotação do jogo contra o Danúbio vai ser completamente diferente, a Libertadores tem outra conotação, o próprio estilo de jogo dos uruguaios e argentinos é diferente. Isso nos preocupa um pouco, o ritmo de jogo para 90 minutos, mas acho que eles já estão preparados. Psicologicamente, é uma expectativa. São jogadores experientes e sabem que é preciso uma preparação adequada se quisermos vencer", afirmou.

A goleada por 4 a 0 foi construída com dois gols de Ricardo Oliveira no primeiro tempo, seguidos por um de Jair e outro de Chará na etapa final. O gol marcado por Jair foi o mais belo deles, o que rendeu elogios de Levir. O treinador destacou estar cheio de boas opções para a função de volante nesta temporada, como Adílson, Elias, Zé Welison e Gustavo Blanco, que ainda se recupera de lesão.

"Não foi uma contratação muito badalada, mas ele tem uma característica excelente, já vem de um povo vencedor, que é do Rio Grande do Sul. Ele apresenta boa técnica, com iniciativa ofensiva, tem um porte físico excelente e fez um golaço, coroando a estreia, mas tem muita coisa pela frente. Se considerar que temos o Zé Welison, o Blanco, o Adilson, são jogadores de ótimo nível. O meio-campo é onde temos mais jogadores de qualidade", comentou o treinador atleticano.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.