Jeferson Guareze?Futura Press
Jeferson Guareze?Futura Press

Inter anuncia suspensão a Fabrício após ofensas à torcida e ao clube

Diretoria gaúcha vai definir situação do atleta na segunda-feira

O ESTADO DE S. PAULO

01 de abril de 2015 | 23h13

A diretoria do Internacional não esperou nem Fabrício esfriar a cabeça e já anunciou suspensão ao lateral-esquerdo que, nesta quarta-feira, foi expulso de campo no Beira-Rio após mostrar os dedos médios das duas mãos à torcida. O jogador ainda atirou a camisa colorada no chão.

"É uma atitude lamentável. O Fabrício o fez de cabeça quente, não vamos tomar atitude agora, somente na segunda-feira, após a Páscoa. Ele está suspenso até lá", avisou, em entrevista coletiva, o presidente Vitorio Piffero. "A camisa do Inter é um manto sagrado. Me entristeceu profundamente. Eu conheço a pessoa Fabrício, ele teve uma vida difícil. Mas vamos aguardar", disse, brevemente.

Criticado pela torcida, o lateral-esquerdo Fabrício desistiu de um lance perto da linha lateral na partida desta quarta contra o Ypiranga e se dirigiu às arquibancadas mostrando os dedos médios das duas mãos aos torcedores, enquanto a bola ainda rolava.

O zagueiro Juan bem que tentou, mas não conseguiu evitar que Fabrício tirasse a camisa. Cercado de companheiros, seguiu esbravejando, descontrolado. Retirado de campo, o lateral ainda ofendeu a torcida e disse repetidas vezes que ia embora do clube. Fabrício saiu do Beira-Rio escoltado por seguranças, logo depois da partida. Os demais jogadores foram preservados pela diretoria e saíram do estádio sem passar pela zona mista. Assim, não tiveram contato com a imprensa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterCampeonato Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.