Ricardo Duarte/Divulgação
Ricardo Duarte/Divulgação

Inter cede empate ao Figueirense e fica mais distante do G-4

Gaúchos fazem 1 a 0, perdem fôlego na etapa final e levam o 1 a 1

JOÃO PRATA, Estadão Conteúdo

19 de setembro de 2015 | 20h37

O Inter apagou no segundo tempo e cedeu o empate ao Figueirense em 1 a 1 neste sábado, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time colorado abriu o marcador com Alex, em pênalti que gerou muita reclamação do adversário, mas viu o adversário dominar a partida na etapa final e igualar o marcador com Thiago Santana.

O resultado impediu o Inter de colar no G4. A equipe é a sétima colocada com 41 pontos, a três do Palmeiras, o quarto colocado, que nesta noite de sábado venceu o Grêmio por 3 a 2, no Pacaembu. O Figueirense, que atuou sob o comando do técnico interino Hudson Coutinho pois René Simões havia sido demitido, permanece na zona de rebaixamento, em 18º, com 28 pontos.

Com uma formação mais ofensiva e um trio de atacantes com Vitinho, Lisandro López e Rafael Moura, o Inter começou melhor a partida. Chegou a ter 60% da posse de bola, mas encontrava dificuldades em chegar ao gol adversário, que tinha um meio-campo povoado com três volantes. O último passe era o problema.

O primeiro lance de perigo veio apenas aos 21 minutos. Vitinho recebeu na entrada da área e cruzou na segunda trave. Rafael Moura apareceu livre, mas mandou de cabeça na rede pelo lado de fora. Pouco depois, Vitinho dominou na intermediária, avançou e bateu forte por cima do gol de Alex Muralha.

O Figueirense permanecia fechado atrás em busca de um contra-ataque para definir a partida. No entanto, aos 34, Vitinho tocou para Alex na área e o lateral Marquinhos Pedroso chegou atropelando na tentativa de roubar a bola. O árbitro marcou pênalti para indignação dos jogadores do time catarinense. Alex foi para a cobrança, correu para a bola lentamente e esperou Alex Muralha pular antes de bater e abrir o marcador. O goleiro do Figueirense reclamou de paradinha do jogador do Inter.

Inconformados com o placar, os visitantes voltaram mais ligados para o segundo tempo. O interino Hudson Coutinho mandou a equipe ao ataque ao tirar o volante Paulo Roberto para a entrada de Thiago Santana. Clayton teve duas boas chances de igualar o placar antes dos dez minutos iniciais. Na primeira, bateu cruzado e a bola saiu com perigo para escanteio. Na outra, arriscou da intermediária, a bola desviou em Paulão e saiu com perigo.

Depois foi a vez de Thiago Santana incomodar a zaga do Inter. Aos 28, ele bateu da entrada da área e o goleiro Alisson mandou para escanteio. Dois minutos depois, Leandro Silva foi à linha de fundo e cruzou na segunda trave. O atacante apareceu atrás da zaga e mandou uma bomba para as redes.

Após levar o empate, o Inter deu um lampejo de que acordaria. Valdívia, que entrou no lugar de Vitinho, arrancou pela intermediária, ganhou na velocidade dos adversários, bateu, a bola desviou na zaga e saiu para escanteio. A partida ficou mais corrida, mas as duas equipes estavam afobadas em busca do gol da vitória e não conseguiram alterar o marcador.

O Inter agora se concentra para enfrentar o Palmeiras, quarta-feira, no Beira-Rio, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O Figueirense também está vivo na competição mata-mata e recebe o Santos, no mesmo dia.

FICHA TÉCNICA

INTER 1 X 1 FIGUEIRENSE

INTER - Alisson; William, Paulão, Réver e Ernando; Rodrigo Dourado, Wellington e Alex (Anderson); Vitinho (Valdívia), Lisandro López (Taiberson) e Rafael Moura. Técnico: Argel Fucks.

FIGUEIRENSE - Alex Muralha; Leandro Silva, Bruno Alves, Thiago Heleno e Marquinhos Pedroso; Paulo Roberto (Thiago Santana), Fabinho, João Vitor (Dener) e Rafael Bastos (Yago); Clayton e Marcão. Técnico: Hudson Coutinho.

GOLS - Alex, aos 34 minutos do primeiro tempo; Thiago Santana, aos 30 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Nielson Nogueira Dias (PE).

CARTÕES AMARELOS - Wellington (Inter); Fabinho, Rafael Bastos, Bruno Alves, Yago e Thiago Heleno (Figueirense).

RENDA - R$ 389.729,00.

PÚBLICO - 16.631 pagantes (total de 20.607 torcedores).

Local - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoInterFigueirense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.