Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Inter aposta em Thiago Galhardo e força em casa para vencer o Atlético-MG

Duelo opõe vice-líder e terceiro colocado do Campeonato Brasileiro e é válido pela quinta rodada

Redação, Estadão Conteúdo

22 de agosto de 2020 | 11h50

O Internacional tem duas armas para derrotar o Atlético-MG neste sábado, às 19 horas: o meia Thiago Galhardo, que vive fase artilheira, e o retrospectivo positivo atuando em casa, no Beira-Rio, mesmo sem torcida. O duelo, que opõe vice-líder e terceiro colocado do Campeonato Brasileiro, é válido pela quinta rodada.

Com três vitórias em quatro jogos, o Inter soma nove pontos, mesma pontuação do adversário mineiro, mas aparece à frente, na segunda posição, por ter saldo de gols superior (5 contra 3). A equipe gaúcha está atrás do líder Vasco pelo mesmo critério de desempate.

Sem Paolo Guerrero, que rompeu o ligamento cruzado do joelho direito e, segundo o clube, só retorna na próxima temporada, coube a Thiago Galhardo assumir a missão de fazer gols. Embora não jogue no ataque e não tenha sido goleador nas outras equipes pelas quais passou, no Inter, o meio-campista vive grande fase e tem feito as vezes de camisa 9.

Ele foi o destaque da última vitória sobre o Atlético-GO por 3 a 0 ao balançar as redes duas vezes depois de sair do banco de reservas. Galhardo soma dois gols e é o vice-artilheiro do time gaúcho no Brasileirão. Na temporada, o meia tem sete tentos anotados. Ele só está atras de Guerrero, com três na competição e dez na temporada.

O meia ainda é o líder do elenco em assistências, com cinco. Galhardo e o centroavante peruano dividem o posto de jogador com mais participações em gols do elenco. São 12 cada.

O Inter também se apoia na força jogando em casa. Mesmo que não possa contar com a presença da torcida no Beira-Rio, a equipe vai bem e ainda não perdeu e sequer levou gols em seus domínios no campeonato. Foram dois triunfos contra Santos e Atlético-MG e cinco gols marcados.

À espera de um atacante para suprir a lacuna deixada por Guerrero, o técnico Eduardo Coudet não terá William Pottker contra o Atlético-MG. Ele foi expulso na última rodada e cumprirá suspensão. O favorito para ser titular é o jovem Yuri Alberto, recém-chegado do Santos. Fora do campo, a diretoria negocia com Alexandre Pato, que rescindiu seu vínculo com o São Paulo e está livre no mercado.

Outro jovem, João Peglow, cria das categorias de base, foi titular no jogo anterior e é possível que continue na equipe. Ele atua pelo lados, e não como referência no ataque. Poupados da última partida, os laterais Saravia e Moisés e os volantes Rodrigo Lindoso e Edenílson devem reassumir suas vagas entre os titulares.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso (Musto), Patrick e Edenílson; Thiago Galhardo, João Peglow (Marcos Guilherme) e Yuri Alberto. Técnico: Eduardo Coudet.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.