Inter apresenta aliança para divulgar marca mundialmente

O Internacional apresentou nesta terça-feira, em Porto Alegre, aquilo que o clube acredita ser um ponto chave para a internacionalização de sua marca: uma aliança estratégica envolvendo outros três clubes: Chicago Fire (EUA), Atlético de Madrid (Espanha) e América (México). Somente pouco antes da apresentação, na noite de segunda, é que os laços entre as quatro agremiações começaram a ser estreitados, em um jantar no Beira-Rio.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2011 | 15h59

De acordo com o Internacional, a ideia é desenvolver uma rede global de cooperação entre times de futebol. A pareceria começa imediatamente, com as lojas dos clubes comercializando produtos licenciados dos outros integrantes da aliança. Também haverá um profissional em contato direto com os clubes, trocando informações sobre tecnologia e "até mesmo sobre atletas", conforme explicou o Inter.

"Haverá uma série de ações a partir de agora, na área de marketing, de planejamento, de trocas de profissionais, de tecnologia e de treinamento", explicou o presidente do clube gaúcho, Giovanni Luigi.

Para ele, a parceria vai alavancar a internacionalização da marca do Internacional. "Nós entendemos que chegava o momento de profissionalizarmos a internacionalização da marca Internacional, e para que isso seja possível agora nós teremos parceiros nos EUA, no México, e na Europa", destacou. "Essa parceria busca ajudar todos os clubes na divulgação das marcas e nas ações que serão feitas em marketing, negócios, com troca de parcerias na questão de profissionais de todas as áreas e até mesmo em tecnologia."

Chicago Fire e América do México já são parceiros há quase três anos, tanto em gestão quanto na troca de jogadores. A iniciativa do acordo entre as quatro equipes partiu do Atlético de Madrid, que esteve representado pelo seu CEO, Miguel Angel Gil, na apresentação da parceria, nesta terça. "Eu estive em Abu Dabi e conversei com o ex-presidente Vitorio Piffero e com o atual, Giovanni Luigi, e percebi algo importante, que é a continuidade existente no clube", explicou o dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.