Inter avisa: "Vamos espernear"

O presidente do Internacional, Fernando Carvalho - homem que liderou o movimento dos cinco clubes contra a anulação dos 11 jogos do Brasileiro apitados por Edílson Pereira de Carvalho - disse nesta quarta-feira que vai reagir. Segundo ele, os clubes não vão aceitar passivamente a posição do presidente do STJD, Luiz Zveiter, que mesmo antes de receber o recurso, já avisou que a anulação seria mantida.?Ele pode esperar, porque nós vamos espernear. Isso não vai ficar assin?, avisou o dirigente.Dos 14 clubes envolvidos na polêmica da anulação dos jogos,cinco - Internacional, Cruzeiro, Santos, Ponte Preta e Figueirense - apelaram pedindo a revogação da decisão. O documento seria encaminhado nesta quarta-feira ao tribunal, mas ontem mesmo, Zveiter avisava que a decisão não seria reformada.?Diante de uma declaração de tipo, chegamos à conclusão que vivemos num estado de exceção no futebol brasileiro. O país vive plenamente seus direitos democráticos, mas no futebol o que se vê é diferente?, reclama o dirigente. Fernando Carvalho decidiu recorrer por acreditar que ?o processo apresentou vários vícios de procedimento?. Ele sustenta que há contradições nas decisões do STJD. ?No início, ele (Zveiter) falou que três jogos estavam isentos de manipulação, depois mudou. Nós queremos saber as razões, já que ele não nos deu acesso aos autos, num claro desrespeito os nossos direitos?, argumentou o dirigente. ?A legislação esportiva é clara: o jogo só pode ser anulado se houver prova cabal de fraude e pelo que sabemos essas provas não existem para todos os jogos?, acrescentou. Carvalho afirmou que, em princípio, não é contra a remarcação dos jogos. ?O que nós queremos é que eles analisem jogo a jogo?. O presidente do Inter deu a impressão de estar mudando de opinião em relação a possibilidade de recorrer à Justiça Comum. Ontem ele dizia que os clubes iriam lutar apenas ?na esfera juridica?. Hoje ele já não estava seguro a respeito. ?Vamos aguardar os acontecimentos para depois tomar qualquer tipo de decisão?, disse ele.

Agencia Estado,

05 de outubro de 2005 | 14h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.