Inter bate Atalanta e mantém vantagem de 4 pontos no Italiano

Com seis jogos para o fim do campeonato, a Inter tem 72 pontos, contra 68 da Roma

MARK MEADOWS, REUTERS

06 de abril de 2008 | 14h10

A Inter de Milão recuperou a vantagem de quatro pontos que tem na liderança do Campeonato Italiano depois que gols de Patrick Vieira e Mario Balotelli deram ao time a vitória de 2 a 0 fora de casa sobre a Atalanta neste domingo.     Veja também:  Classificação e resultadosA segunda colocada Roma havia vencido o Genova por 3 a 2 no sábado e tinha diminuído a vantagem para apenas um ponto, mas a atual campeã Inter reestabeleceu a diferença com um desempenho preciso, depois de três jogos sem vencer no campeonato. "Foi uma boa partida em um local onde é difícil jogar. Patrick marcou um gol muito importante. Balotelli é um jovem atleta com muita qualidade", disse o técnico da Inter Roberto Mancini ao canal de televisão Sky. A Atalanta, que tinha vencido o Milan fora de casa por 2 a 1 na semana passada, chegou a criar dificuldade para a Inter, mas o esforço foi prejudicado pela expulsão de Cristiano Doni, após receber seu segundo cartão amarelo, por reclamação. Com seis jogos para o fim do campeonato, a Inter tem 72 pontos, contra 68 da Roma. A Juventus, que joga fora de casa contra o Palermo ainda neste domingo, está 10 pontos atrás da Roma, mas com duas partidas a menos. VITÓRIA DA FIORENTINA A quarta colocada Fiorentina manteve os quatro pontos de vantagem sobre o Milan na disputa pela última vaga de classificação para a Liga dos Campeões, depois que os atacantes Giampaolo Pazzini e Adrian Mutu marcaram os gols que garantiram a vitória por 2 a 0 sobre a Reggina, que caiu para a lanterna do torneio, a dois pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Milan bateu o Cagliari, penúltimo na classificação, por 3 a 1 no sábado, mas está vendo diminuírem as chances de conseguir uma vaga para a Liga dos Campeões, competição que conquistou na temporada passada. A Udinese caiu para o sétimo lugar, após um empate fora de casa por 1 a 1 com o Siena, ultrapassada pela Sampdoria, que tem o mesmo número de pontos do Milan e venceu em casa por 2 a 0 o Livorno, que está na zona de rebaixamento. O Empoli, que recontratou Luigi Cagni na semana passada, ficou fora da lista dos ameaçados com um gol de Ighli Vannuchi já no fim do jogo que deu a vitória por 1 a 0 sobre o Torino. O Catania também conseguiu um bom trunfo contra a ameaça de rebaixamento ao bater o Napoli por 3 a 0, no primeiro jogo em que foi comandado pelo técnico Walter Zenga, ex-goleiro da seleção italiana.

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIANOINTER

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.