Inter bate o Libertad e decide título com o São Paulo

A Copa Libertadores da América terá final brasileira pelo segundo ano consecutivo. O Internacional venceu o Libertad por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, no Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre, e garantiu vaga para disputar o título com o São Paulo. Dessa forma, o futebol brasileiro já assegura de antemão sua 13ª taça na competição.O primeiro jogo da final será na próxima quarta-feira, no Morumbi. O segundo e decisivo acontece no dia 16, no Beira-Rio. Esses confrontos terão regulamento diferente das outras fases eliminatórias da Libertadores. Não vale mais o critério de gols marcados como visitante e, em caso de empate no saldo de gols, a partida vai para a prorrogação. Em persistência de igualdade, vai depois para os pênaltis.A classificação colorada foi sofrida, ao contrário da tricolor, conquistada com um 3 a 0 sobre o Chivas. O Beira-Rio só viu futebol de qualidade depois de 60 minutos de jogo. Ansioso até então, o Inter errou muitos passes no ataque, levando o técnico Abel Braga à loucura. A rigor, criou uma única oportunidade de gol, logo aos 3 minutos, quando Fernandão cruzou da direita, Sóbis desviou e o goleiro González defendeu.O Libertad, ao poucos, acomodou-se no Beira-Rio e jogou de igual para igual, sem oferecer, no entanto, riscos ao Inter - com exceção a um corte desastroso do sempre atabalhoado Clemer em um cruzamento.No segundo tempo, o Libertad voltou melhor e continuou assustando a torcida colorada, graças às saídas em falso de Clemer. Mas foi num vacilo do outro goleiro que o placar foi aberto. Aos 19 minutos, o meia Alex arriscou um chute de fora da área e López foi traído pelo toque da bola no gramado: 1 a 0 Inter e desafogo no Beira-Rio.Foi o suficiente para abrir a porteira paraguaia. Três minutos depois, Fernandão bateu de esquerda, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro López: 2 a 0 e classificação liquidada.Ficha técnica:Internacional 2 x 0 LibertadGol: Alex, aos 19, e Fernandão, aos 22 minutos do segundo tempo.Internacional: Clemer; Bolívar, Índio (Wellington Monteiro) e Fabiano Eller; Ceará, Edinho, Fabinho (Rentería), Alex (Perigão) e Jorge Wagner; Fernandão e Rafael Sóbis. Técnico: Abel Braga.Libertad: González; Bonet, Sarabia, Balbuena e Hidalgo (Romero); Aquino, Villarreal (Aquino), Riveros e Guiñazú; Gamarra (Samudio) e López. Técnico: Gerardo Martino.Árbitro: Oscar Ruiz (Colômbia) Cartões amarelos: López, Edinho, Sarabia, Riveros, López e Bolívar Rafael Sóbis Local: Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.