Ricrado Duarte/Inter
Ricrado Duarte/Inter

Inter busca vitória fora sobre o Coritiba para acalmar a torcida e amenizar crise

Time gaúcho inicia a caminhada na competição nacional às 19h30, como visitante, no estádio Couto Pereira

Redação, Estadão Conteúdo

08 de agosto de 2020 | 14h36

O Internacional encara a estreia no Campeonato Brasileiro, neste sábado, contra o Coritiba, como uma oportunidade de curar as cicatrizes e virar a página após um duro fracasso no Estadual. Vindo de derrota para o maior rival e fortes protestos da torcida, o time gaúcho inicia a caminhada na competição nacional às 19h30, como visitante, no estádio Couto Pereira.

O técnico Eduardo Coudet comandou apenas um treino de preparação com a equipe titular, nesta sexta-feira, em atividade conturbada pela presença hostil de alguns torcedores nos arredores do CT do Parque Gigante. Cerca de 20 pessoas foram detidas por tentativa de invasão ao local e lançamento de rojões.

"Depois desse Gre-Nal, só tem um jeito de tentar minimamente dar sinais de reverter, que é começar o Brasileirão ganhando, mesmo que fora de casa", declarou o diretor de futebol Rodrigo Caetano à Rádio Gaúcha.

O Inter ficou de fora da decisão estadual após a queda por 2 a 0 diante do Grêmio, na última quarta-feira, pela semifinal do segundo turno. O time colorado também havia sido eliminado pelo arquirrival na primeira etapa do Gauchão e já acumula nove tropeços consecutivos no clássico (cinco derrotas e quatro empates).

Para Entender

Brasileirão 2020: onde assistir, premiação, times, calendário e muito mais

Campeonato será finalizado apenas em fevereiro de 2021, em razão do atraso no início da competição, por causa do novo coronavírus

"Doeu, está doendo agora, mas temos que olhar para a frente. Temos que refletir. Vai começar o Brasileiro e temos que começar da melhor maneira", declarou o zagueiro Víctor Cuesta.

O Inter terá novidades para a estreia na Série A. Suspenso no clássico, Saravia retorna à lateral direita no lugar de Rodinei. No meio de campo, Rodrigo Lindoso deve recuperar a titularidade na vaga de Musto, enquanto Edenilson ainda é dúvida depois de ter sido substituído no clássico com dores no tornozelo. Nonato é a opção para o setor.

Anunciado como reforço na última segunda-feira, Yuri Alberto (ex-Santos) foi integrado ao elenco, mas ainda não está inscrito e nem viajou com o grupo. O atacante de 19 anos deverá ser regularizado na semana que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.