Alexandre Lops/Divulgação
Alexandre Lops/Divulgação

Internacional conquista vitória magra contra o Coritiba e cola no G-4

Vitinho garante triunfo que leva equipe gaúcha aos 37 pontos

Estadão Conteúdo

12 de setembro de 2015 | 20h45

O Inter foi até Curitiba para buscar três pontos e se aproximar do bloco de cima da tabela do Brasileirão. E foi bem-sucedido em sua proposta, na abertura da 25ª rodada da competição neste sábado. A equipe gaúcha conquistou uma vitória magra por 1 a 0 sobre o Coritiba, gol de Vitinho, que levou a equipe aos 37 pontos, bem perto do grupo dos primeiros quatro colocados da competição. O resultado manteve o time paranaense na zona de rebaixamento, com 27 pontos.

A partida começou muito pegada, com várias faltas e lances truculentos. O árbitro Raphael Claus começou a distribuir cartões amarelos aos 12 minutos, para Kleber, e só terminou no fim do duelo, aos 33 do segundo tempo, quando Valdívia recebeu o seu. No total, o juiz distribuiu 11 cartões amarelos no confronto. Com este nível de marcação ríspida, um reflexo do estilo de Argel Fucks, técnico do Inter, as chances de gol foram poucas e o nível técnico do confronto caiu muito, deixando o duelo muito truncado.

Quando tudo levava a crer que os dois times sairiam para o vestiário com o zero no placar, o Inter aproveitou sua chance para abrir o marcador. A zaga gaúcha afastou falta cobrada por Ruy, aliviando para frente. Valdívia ganhou de Cáceres e encontrou Vitinho. O atacante chutou firme e Wilson fez a defesa. Mas o rebote caiu nos pés do próprio Vitinho, que conferiu para o gol.

Com a vantagem no marcador, o Inter voltou mais fechado, justamente para explorar os contra-ataques. Mas o Coritiba quase marcou, primeiro com Walisson Maia, de cabeça, depois com Kleber, em finalização por cima, e João Paulo, que chutou firme para boa defesa de Alisson.

Em um dos contra-ataques, o Inter quase ampliou quando Léo fez grande jogada na linha de fundo, aos 18. O goleiro Wilson afastou parcialmente, Vitinho pegou o rebote e cruzou para o meio da área. O lateral Ivan apareceu para afastar.

O jogo ficara aberto e ambas as equipes poderiam ter marcado. Aos 28, Kleber recebeu pelo lado esquerdo da área e chutou cruzado. Alisson fez outra bela defesa, salvando o Inter. Por esta e outras intervenções, o goleiro gaúcho foi o jogador da partida.

Após o lance perigoso dos anfitriões, o duelo voltou a ficar truncado, com mais faltas duras. Em lance emblemático do clima do jogo, Rafael Moura, aos 37, abandonou a bola e dividiu com Kleber, empurrando firme o atacante adversário dentro da área do Inter. O árbitro não marcou nada.

Com a desvantagem no placar, o Coritiba se lançava como podia, de forma desordenada, ao ataque. E parava em Alisson. Aos 40, João Paulo recebeu a bola dentro da área e soltou a bomba. Alisson defendeu bem mais uma vez e, no rebote, João Paulo chutou de novo em cima de Réver.

Antes do apito final, Alisson mostrou mais uma vez sua excelente fase ao passar segurança na saída de bola, em cruzamento de Ruy desviado para o meio da área do Inter.

Na próxima quarta-feira, o time gaúcho encara o Corinthians, em São Paulo, a partir das 22 horas, pela 26ª rodada do Brasileirão. Já o Coritiba enfrenta o Flamengo, na quinta, a partir das 21h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 0 X 1 INTERNACIONAL

CORITIBA - Wilson; Leandro Silva, Walisson Maia (Ivan), Juninho e Carlinhos; João Paulo, Luís Cáceres (Thiago Galhardo), Lúcio Flávio (Guilherme Parede) e Ruy; Kleber e Henrique Almeida. Técnico: Ney Franco.

INTERNACIONAL - Alisson; Léo, Paulão, Ernando e Artur; William (Réver), Rodrigo Dourado, Wellington e Alex (Anderson); Valdívia e Vitinho (Rafael Moura). Técnico: Argel Fucks.

GOL - Vitinho, aos 47 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Kleber, Ruy, Walisson Maia, Wilson (Coritiba); Léo, Rodrigo Dourado, William, Wellington, Vitinho, Artur, Valdívia (Inter).

ÁRBITRO - Raphael Claus (Fifa/SP).

RENDA - R$ 256.595,00.

PÚBLICO - 14.656 pagantes (16.714 no total).

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.