Inter convoca Ronaldinho para o jogo

Surpresa em Milão: depois do treino de hoje de manhã, o técnico argentino Héctor Cúper anunciou a convocação de Ronaldinho para o jogo que a Inter fará amanhã contra o Torino, fora de casa, às 10h (com PSN). O planejamento inicial era dar descanso ao "Fenômeno" no fim de semana e recolocá-lo em campo na partida de quinta-feira contra o Brasov, na Romênia. "Se as condições do jogo de amanhã favorecerem o aproveitamento de Ronaldo, vou colocá-lo para jogar", disse Cúper. A dupla de ataque da Inter será formada pelo brasileiro Adriano e por Kallon, de Serra Leoa. No banco, além de Ronaldinho, estará Ventola. Cúper comentou hoje pela primeira vez convocação de Ronaldinho para defender o Brasil contra o Chile e revelou que uma pessoa "de confiança" da comissão técnica virá para Curitiba junto com o atacante e acompanhará o seu dia a dia. "Conversei há alguns dias com o técnico brasileiro Scolari e lhe dei minha opinião sobre Ronaldo, além de explicar como é o trabalho que estamos fazendo com o jogador. Não sei se Scolari levou em conta a nossa conversa para decidir pela convocação, acho que fez sua própria avaliação e tomou a decisão. Para Ronaldo, a convocação é importante sobretudo do ponto de vista psicológico. Em todo caso, uma pessoa de nossa confiança irá com Ronaldo para o Brasil." Depois do treino, os jogadores da Inter festejaram no vestiário o aniversário de 25 anos de Ronaldinho. No Brasil, o aniversariante sempre é "homenageado" como ovos e farinha. Na Inter, o elenco brindou com champanhe e depois todos comeram doces. O clássico de amanhã será disputado no Estádio San Siro, onde o Milan receberá a Lazio, às 15h30, com transmissão da PSN. A equipe da casa terá a volta do meia português Rui Costa, que não jogou nas duas últimas rodadas por ter sofrido uma luxação no ombro direito na primeira rodada. Os brasileiros Roque Júnior e Serginho estão escalados. O desfalque será o lateral-direito romeno Contra. A Lazio terá a estréia do técnico Alberto Zaccheroni, que foi contratado no meio da semana. Sua primeira medida foi mandar para o banco o meia espanhol Gaizka Mendieta, que ainda não fez uma boa partida no clube italiano. A Roma jogará em casa contra a Fiorentina e tentará conseguir sua primeira vitória na temporada.O atacante Batistuta, que não faz um gol há seis partidas, pede paciência aos torcedores. "Não sou o único culpado pelo momento ruim do time. É verdade que não estou fazendo gols, mas o time também não está jogando como na temporada passada. Sei que esta fase vai passar e vou marcar os 18 ou 20 gols que faço por campeonato."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.