Divulgação/Vipcomm - 26/03/2010
Divulgação/Vipcomm - 26/03/2010

Inter culpa arbitragem por derrota na Libertadores

Time gaúcho reclama de pênalti não marcado em Nei, expulsão de Kléber e impedimento no segundo gol do Banfield

AER, Agência Estado

29 de abril de 2010 | 11h40

O Internacional considerou que a arbitragem de Jorge Larrionda foi a principal responsável pela derrota da equipe por 3 a 1 para o Banfield, na quarta-feira, no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores. A equipe reclama de um pênalti não marcado em Nei, da expulsão de Kléber e de um impedimento no segundo gol do time argentino.

"A gente estava muito bem posicionado em campo, mas os episódios da arbitragem estragaram tudo. Agora vamos ter que buscar a classificação em casa", afirmou o técnico Jorge Fossati, lamentando o tropeço do Internacional.

Para D''Alessandro, o time gaúcho foi superior ao Banfield e poderia ter conseguido um resultado melhor no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores. "O resultado não diz o que a gente fez em campo. Fomos prejudicados pela arbitragem", disse.

Já o zagueiro Bolívar tentou manter um discurso otimista e acredita que o Internacional tem condições de avançar às quartas de final da Libertadores. "Temos totais condições de reverter esta situação. Contamos com o apoio do torcedor no jogo de volta", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.