Inter dá voto de confiança para Clemer no comando

A diretoria do Internacional decidiu apostar em Clemer como técnico da equipe até o final do ano. O treinador, que vinha comandando o time de forma interina, foi efetivado após a goleada por 4 a 1 diante do Náutico, no último domingo, e a diretoria justificou sua decisão exaltando a "coragem" do ex-goleiro.

AE, Agência Estado

14 de outubro de 2013 | 08h05

"É um reconhecimento que o Clemer merece pela coragem, desafio de encarar a parte final do ano. Então a decisão está correta e vamos com ele até o fim do ano", declarou o diretor de futebol do Inter, Marcelo Medeiros. O time gaúcho é o sétimo na tabela do Brasileirão e ainda sonha com uma vaga no G4.

Clemer assumiu o Internacional depois da demissão de Dunga, após a derrota para o Vasco na 25.ª rodada. Ele estava treinando o time sub-20, mas aceitou o desafio e já comandou a equipe principal em três partidas, tendo vencido o Fluminense, perdido para o Flamengo e, agora, goleado o Náutico. "A vitória é da entrega dos jogadores", disse o técnico.

Agora treinador, Clemer fez história no Inter como goleiro, entre 2002 e 2009, tendo participado, entre outras, das conquistas da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2006. Desde que chegou como interino, ele não escondeu o desejo de ser efetivado e, até por isso, recebe sua primeira chance como comandante de um time profissional.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoInterClemer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.